ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

História do Grupo Estado nos anos 1880

Os fatos que marcaram o país e o mundo, expostos nas capas históricas do jornal O Estado de S. Paulo.

Filtrar por data ou por período:
  • 1881

    2 de setembro

    Nova mudança das oficinas do jornal, da então Rua da Imperatriz (hoje XV de Novembro) para o Largo do Rosário, 53.

    Oficinas do Estado mudam para o Largo do Rosário, 53. Oficinas do Estado mudam para o Largo do Rosário, 53.
  • 1885

    Julio Mesquita

     


    Um talentoso jornalista campineiro é trazido por Alberto Salles : Julio Mesquita, então com 23 anos, torna-se redator ao lado de Rangel Pestana. Sua primeira colaboração é uma série de artigos intitulada "Os partidos políticos e as transações". De outro lado, o anti-lusitanismo de Alberto Salles quase leva o jornal à falência. Todos os anunciantes portugueses boicotam a empresa. Alberto Salles retira-se e o jornal é salvo por Julio Mesquita : filho de portugueses, o jovem redator habilmente traz de volta os enfurecidos clientes.

    "Os partidos políticos e as transações", primeira colaboração de Julio Mesquita "Os partidos políticos e as transações", primeira colaboração de Julio Mesquita
  • 1886

     A tiragem do jornal sobe para 3.300 exemplares.

    Aumento da tiragem do Estado para 3.300 exemplares. 17/11/1886
  • 1888

    Abolição

    Em 1888, quando o nome de Julio Mesquita apareceu no alto da primeira página como diretor-gerente, o jornal comemorou a abolição da escravatura.  Era uma causa pela qual vinha lutando desde a fundação. “Agora começa o trabalho de libertar os brancos”, advertiu a Província já na edição de 13 de maio, reiterando a disposição de continuar defendendo o ideal republicano.

    Julio Mesquita, diretor-gerente da Província Em editorial, jornal comemora a abolição dos escravos, 13/5/1888
  • 1889

    “Viva a República!”

    Esta foi a manchete de 16 de novembro de 1889, numa comemoração de página inteira, antológica, cuja única ilustração era o desenho de um gorro frígio, alegoria da liberdade conquistada.  Nas páginas internas, o noticiário sobre os acontecimentos da véspera e a constituição do governo provisório no Rio.  No dia 18, o jornal noticiava com detalhes o embarque da família imperial para o exílio.  

    "Viva a República" estampou a capa da edição de 16/11/1889 Família imperial parte para o exílio, 18/11/1889
Viu essa página?

Alemanha 7 x 1 Brasil

A maior derrota da seleção brasileira Alemanha 7 x 1 Brasil

Veja a edição completa de 09/7/2014

Tópicos
ver todos