ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Cronologia do Mensalão

Caso surgiu após revelações na CPI dos Correiros em 2005 e foi a julgamento no STF em 2012

18 de setembro de 2013 | 10h 15
Liz Batista

Reveja a cobertura do caso do Mensalão através das páginas do Estado:

2005
10/5- 
Vem a público vídeo que mostra Maurício Marinho, então diretor dos Correios recebendo  propina. O deputado Roberto Jefferson do PTB é apontado como chefe do esquema de corrupção nos Correios.

07/6- Acuado, o deputado Roberto Jefferson (PTB) faz denúncias sobre esquema de compra de votos realizado pelo PT em entrevista. Segundo o deputado o partido pagava mesadas de R$30 mil para que parlamentares votassem a favor do governo Lula na Câmara. Jefferson chama o esquema de 'mensalão'.

08/6- Instaurada CPI dos Correios. Após depoimento do deputado Roberto Jefferson, as investigações sobre o mensalão são iniciadas.

     

12/6- O publicitário mineiro Marcos Valério é apontado pelo deputado Roberto Jefferson como articulador financeiro do esquema.

14/6- Roberto Jefferson (PTB) afirma ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados que informou os ministros Miro Teixeira, Walfrido Mares Guia, Aldo Rabelo, Antônio Palocci, José Dirceu e Ciro Gomes sobre o esquema de pagamento aos parlamentares.

16/6-  Apontado por Roberto Jefferson como chefe do esquema de compra de votos, o ministro José Dirceu renuncia à chefia da Casa Civil. E retorna às atividades parlamentares na Câmara dos Deputados.

17/6- Jefferson deixa presidência do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

20/6- Dilma Rousseff assume Casa Civil.

    

21/6- A ex-secretária do publicitário mineiro Marcos Valério, Fernanda Karina Somaggio, confirma denúncias sobre o esquema do mensalão no Congresso.

30/6- Na CPI dos Correios, Roberto Jefferson, aparece com olho roxo e reafirma as suas acusações. Afirma, também, que o PT tentou impedir as investigações e a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Marcos Valério.

01/7- Documentos comprovam que Marcos Valério avalizou empréstimo de R$ 2,4 milhões feito pelo banco mineiro BMG ao Partido dos Trabalhadores em 2003. O presidente do PT, José Genoino e o tesoureiro do partido, Delúbio Soares também aparecem como avalistas.



   

05/7-  Delúbio Soares é afastado da tesouraria do PT.

08/7-
Receita aponta que as movimentações da empresa de Marcos Valério chegaram a R$1,7 bilhões. José Adalberto Vieira da Silva, assessor do PT é preso, que trabalhava para o irmão de Genoino, é preso ao tentar embarcar no aeroporto de Congonhas com US$100 mil   

09/7- O presidente do PT, José Genoino, deixa o cargo.

12/7- Lula reforma Ministério, troca 4 ministros e rebaixa o secretário de Comunicações de Governo, Luiz Gushiken, que passava a ser subordinado à Casa Civil. Gushiken era acusado de ter favorecido a consultoria Globalprev, empresa controlada por ex-sócios.


      


11/8-
Duda Mendonça, publicitário, responsável pela campanha do PT no ano da eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva revelou na CPI dos Correios que quase metade dos gastos da campanha foram pagos pelo empresário Marcos Valério. O pagamento foi feito com remessas de dinheiro não declaradas para o exterior e sem emissão de notas fiscais.

12/8- Em pronunciamento nacional, Lula fala do mensalão, se diz “traído por práticas inaceitáveis das quais nunca teve conhecimento” e pede desculpas pelos “erros”cometidos.

31/8- Delúbio Soares, Marcos Valério, José Genoino e Duda Mendonça são indiciados pela Polícia Federal. Entre as acusações, estão crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro.

    

14/9-  O delator do mensalão deputado Roberto Jefferson tem o mandato cassado por quebra de decoro. É a primeira das três cassações aprovadas após o escândalo.

22/10- Delúbio Soares, então tesoureiro do PT é expulso do partido por conduta financeira irresponsável.
 
01/12-
Mandato de José Dirceu é cassado pela Câmara dos Deputados. Os parlamentares entenderam que houve participação dele no esquema de compra de votos revelados por Roberto Jefferson.

   

2006
15/3-
O deputado Pedro Corrêa, presidente do PP, é cassado.

23/3- A deputada Ângela Guadagnin (PT-SP) comemora com dança a absolvição do colega João Magno, acusado de ter recebido R$ 425.950,00 do valerioduto. A deputada foi levada ao Conselho de Ética.

05/4- Após 9 meses de trabalhos, a CPI dos Correios confirma a existência do mensalão com pagamento de propina a deputados e integrantes do governo federal. O relator, deputado Osmar Serraglio pede o indiciamento de mais de 100 pessoas.

11/4- O procurador-geral da república, Antonio Fernando de Souza, apresenta denúncia ao Supremo Tribunal Federal contra 40 pessoas envolvidas no mensalão. Na denúncia, o procurador apontou José Dirceu como “chefe do organograma delituoso” e José Genoino , Delúbio Soares e Silvio Pereira como integrantes do “núcleo principal da quadrilha”.

   

2007
28/8-
Supremo aceita denúncia contra os 40 indiciados pelo mensalão. O ministro Joaquim Barbosa aponta José Dirceu, José Genoino e Silvio Pereira  como operadores do núcleo central do esquema.

2008
24/01-
Silvio Pereira, ex-secretário-geral do PT faz acordo com o Ministério Público para não ser processado no inquérito.

2010
14/9 -
Morre aos 55 anos, José Janene, ex-deputado PP . Réu no processo do mensalão, Janene era suspeito de se beneficiar com mais de R$ 4 milhões das empresas do publicitário Marcos Valério.

2011
7/7 -
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, entrega ao STF as alegações finais do caso do mensalão. Nas alegações finais, reafirma as alegações de seu antecessor e retira dois réus do processo: Luiz Gushiken, ex-ministro da comunicação e Antônio Lamas, irmão de Jacinto Lamas,  ex-tesoureiro do PL.

2012
6/6-
STF marca julgamento do mensalão para início de agosto.
 
02/8- Início do julgamento do mensalão no STF.

Reclames do Estadão

Olhos sedentos

Anúncio da Light Olhos sedentos

24/9/1939

Tópicos
ver todos
  • Acervo/Estadão
    1.

    Bossa Nova

    Movimento musical brasileiro surgido nos anos 50

  • Acervo/Estadão
    2.

    Revolução russa

    Conflito que originou a União Soviética em 1917

  • Edwin Reichert/AP
    3.

    Guerra Fria

    Período de tensão militar, conflitos políticos e competição entre URSS e EUA

  • Ivan Dias/Estadão
    4.

    Internet

    Rede Mundial de Computadores

  • Alfredo Rizzuti/Estadão
    5.

    Diretas Já

    Movimento político em defesa das eleições diretas no Brasil