ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Do pontificado para a santidade

Conheça a história dos papas mais influentes do século 20, João XXIII e João Paulo II

25 de abril de 2014 | 14h 58
Liz Batista

"João XXIII foi o grande profeta e criador do Concílio (21ºConcílio Ecumênico da Igreja Católica ); João Paulo II é aquele que o colocou em prática e o desenvolveu, em todos os seus componentes e em todas as suas virtudes. São verdadeiramente duas colunas não somente de cultura cristã, mas também de santidade cristã". Assim o papa Francisco definiu, em 2013, os dois papas que se tornarão santos, neste domingo (27).


Dois dos papas mais influentes do século 20, João XXIII e João Paulo II  têm em comum um passado como pastores paroquiais. João XXIII, filho de uma família da agricultores italianos de Sotto il Monte, foi capelão militar durante a Primeira Guerra Mundial, delegado apostólico até se tornar cardeal e depois patriarca de Veneza. João Paulo II foi capelão e vigário antes de se tornar bispo, e depois arcebispo da Cracóvia. A proximidade com os fiéis foi mantida durante os dois papados e ambos vivem na memória como líderes espirituais carismáticos e populares.


 

Papa João XXIII durante Concílio Ecumênico, Vaticano, 13/12/1962 e o papa João Paulo II em cerimônia na Praça São Pedro, Vaticano, 21/02/1998 Fotos: Acervo/Estadão e PauloCocco/ Reuters


Papa provisório. Eleito em 1958, aos 76 anos de idade, Angelo Giuseppe Roncalli, o papa João XXIII foi visto por muitos como um papa provisório ou de transição. Sua idade avançada indicaria um curto período na chefia da Igreja. Foram apenas 5 anos, mas o “papa provisório” deixou sua marca em Roma. João XXIII ampliou a representação afro-asiática nos altos comandos da Igreja. Divulgou oito encíclicas, entre as mais conhecidas estão a Mater Magistra (Mãe e Mestra), de 1961 e Pacem in Terris (Paz na Terra), de 1963. Substituiu o latim pelas línguas nacionais nas liturgias. Convocou o 21ºConcílio Ecumênico da Igreja Católica para renovação da Igreja Católica em 1962 e convidou as Igrejas cristãs a se aproximarem do Vaticano.


O Estado de S.Paulo - 12/101962, 19/10/1961, 29/10/1958, 03/12/1960 e 15/03/1960

 





Papa peregrino. O polonês Karol Józef Wojtyla foi consagrado papa João Paulo II em 1978. O primeiro papa eslavo e não italiano em 455 anos. Durante seu pontificado, João Paulo II realizou 147 processos de beatificação e 51 canonizações e buscou o contato direto com os católicos. Foi o papa que mais viajou. Visitou 130 países em todos os continentes. Ao Brasil veio três vezes, a primeira visita foi em 1980. A segunda em 1991, quando beatificou Madre Paulina, e depois em 1997. Seu prestígio como líder espiritual estendeu sua influência para a política. João Paulo II falou contra o comunismo e contra o terrorismo. É tido como um dos principais responsáveis pela queda do Muro de Berlim e pelo fim do comunismo na Polônia. Sofreu algumas tentativas de assassinato. A mais grave delas foi em 13 de maio de 1981, quando durante uma audiência na Praça São Pedro, no Vaticano, o pontífice foi alvejado por um tiro.


O Estado de S.Paulo - 17/10/1978, 01/7/1980, 14/5/1981 e 03/4/2005

 

 

Veja também:

 # Perfil do papa João XXIII

 # Perfil do papa João Paulo II


#Conclave foi criado para acelerar escolha do papa

#Polônia vai inaugurar museu do papa João Paulo II


#Papa Francisco encontrará um Brasil menos católico

#Bergoglio perdeu disputa para Ratzinger em 2005


Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram | # Assine

Reclames do Estadão

Em qualquer ponto do Brasil

Anúncio da Goodyear Em qualquer ponto do Brasil

11/2/1953

Tópicos
ver todos
  • Edwin Reichert/AP
    1.

    Guerra Fria

    Período de tensão militar, conflitos políticos e competição entre URSS e EUA

  • AP
    2.

    Revolução Chinesa

    Movimento marcado pela queda do Império e instituição do comunismo

  • Acervo/Estadão
    3.

    Colônias

    História do colonialismo e das colonizações

  • Nem de Tal/Estadão
    4.

    Samba

    Ritmo musical

  • Acervo/Estadão
    5.

    Imigração

    Movimento de emigração de europeus e asiáticos para o Brasil a partir do século 19