ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Michael Schumacher

Michael Schumacher
3/1/1969, Huerth (Alemanha)

É considerado um dos maiores pilotos de todos os tempos, detentor não só do recorde de títulos, mas também o de vitórias, poles position e voltas mais rápida. Assim como a maioria doscorredores profissionais, iniciou sua carreira no kart, tendo seu primeiro contato com um modelo aos quatro anos de idade. Foi no pequeno bólido que conquistou suas primeiras vitórias, sendo bicampeão alemão Júnior (84 e 85), campeão alemão e europeu de kart (87).

Sua estreia em um carro de corrida foi em 1988, na Fórmula Konig (campeonato de monolugares patrocinado por uma empresa automotiva alemã). No mesmo ano conquistou o 2º lugar no Europeu de Fórmula Ford 1600 e foi 6º na Fórmula Ford alemã.

Foi para a Fórmula 3 de seu país em 1989 ficando com o 3º lugar. No ano seguinte foi campeão na categoria e ficou em 5º no Mundial de Esporte-Protótipo com a Mercedes.

Estrearia na Fórmula 1 em 1991, substituindo Bertrand Gachot na Jordan. Seu primeiro GP foi na Bélgica. Apesar de não conseguir completar a corrida devido a um problema na embreagem, seu desempenho dentro das pistas chamou a atenção de Flávio Briattore da Benetton, que não hesitou em demitir o piloto brasileiro Roberto Pupo Moreno e colocar o então novato ao lado de Nelson Piquet na equipe.

Em sua estreia pela nova escuderia, ficou com a quinta posição no GP da Itália. Disputaria mais quatro corridas em 91: Portugal, Espanha, Japão e Austrália, conquistando nas duas primeiras a 6ª colocação e não completando a prova nas outras oportunidades.

Sua primeira vitória na categoria viria no ano seguinte, na mesma prova em que estreou pela Jordan, na Bélgica. Na temporada terminaria o campeonato de pilotos na terceira colocação, atrás da dupla da Williams, Nigel Mansell e Riccardo Patrese. No ano seguinte viu Alain Prost se sagrar campeão, vencendo apenas no GP de Portugal e terminando a temporada em quarto, atrás ainda de Ayrton Senna e Damon Hill.

Seu primeiro título na elite do automobilismo mundial viria em 1994, apesar das inúmeras polêmicas. Na ocasião conquistou sua primeira pole, em Mônaco (seria o primeiro no grid de largada mais cinco vezes na temporada). Conquistou oito vitórias e sagrou-se campeão no ano que ficou marcado pela morte de Ayrton Senna. Conquistou o bicampeonato em 95, com nove vitórias e quatro poles, levando além do mundial de pilotos, o título de construtores para a Benetton.





Em 1996 foi contratado pela Ferrari como esperança para tirar a escuderia de um jejum de títulos que vivia desde 1979 (quando havia conquistando a dobradinha com Jody Scheckter e Gilles Villeneuve). Em sua estreia na equipe italiana terminou em terceiro, com três vitórias no ano. Em 97 ficaria em segundo, se não tivesse provocado um acidente na última prova e perdido todos os pontos. Ficou em segundo lugar em 1998, com seis vitórias na temporada.

No anos seguinte terminaria apenas na quinta posição devido a um acidente na primeira corrida do ano, o GP da Inglaterra, onde ele acabou fraturando a perna e perdendo sete provas.

Sua hegemonia, e da escuderia Ferrari, começaria em 2000.  Foram 9 vitórias que garantiram o mundial de pilotos para o alemão e o de construtores para a equipe. Em 2001 repetiu o feito com o mesmo número de vitórias. No ano seguinte ampliou sua soberania na competição vencendo 11 das 17 provas disputadas.

O hexacampeonato veio em 2003, quando superou o finlandês Kimi Räikkönen por dois pontos (93 a 91). O hepta foi conquistado em 2004 com 13 vitórias em 18 provas. Perdeu a temporada em 2005 para o espanhol Fernando Alonso da Renault, encerrando uma série de cinco campeonatos seguidos.  Decidiu que 2006 seria sua última temporada na Fórmula 1, mas antes de parar bateu o recorde de pole position de Ayrton Senna.

Ficou um período como diretor técnico na escuderia que lhe consagrou. Voltou para as pistas em 2009 pela Mercedes, mas não conseguiu repetir as grandes atuações. Ao longo de sua carreira, conquistou 91 vitórias e 63 poles.

Em dezembro de 2013 sofreu lesões no cérebro após queda enquanto esquiava nos Alpes Franceses. Por causa da gravidade, os médicos optaram por deixá-lo em coma induzido. Em 189 dias em coma, apresentou melhoras e conseguiu se comunicar com os olhos. Em 9 de setembro de 2014 deixou o hospital após 254 dias internado. 

Páginas selecionadas pelo Editor

Reclames do Estadão

Máquina de fazer dinheiro

Anúncio de impressora Máquina de fazer dinheiro

3/9/1950

Tópicos
ver todos
  • Acervo/Estadão
    1.

    Estado Novo

    Ditadura civil brasileira liderada por Getúlio Vargas

  • Acervo/Estadão
    2.

    Bossa Nova

    Movimento musical brasileiro surgido nos anos 50

  • Acervo/Estadão
    3.

    Revolução russa

    Conflito que originou a União Soviética em 1917

  • Edwin Reichert/AP
    4.

    Guerra Fria

    Período de tensão militar, conflitos políticos e competição entre URSS e EUA

  • Ivan Dias/Estadão
    5.

    Internet

    Rede Mundial de Computadores