ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

70 anos do reinado de Elizabeth II: veja como 'Estadão' cobriu sua ascensão ao trono da Inglaterra

Com a morte do rei George VI, seu pai, Elizabeth tornou-se rainha aos 25 anos de idade

06 de fevereiro de 2022 | 13h 19
Liz Batista - O Estado de S.Paulo

> O Estado de S.Paulo - 08/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 08/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 08/2/1952

O mais longevo reinado da história do Reino Unido completa 70 anos. Ele teve início em 6 de fevereiro de 1952, com a subida da rainha Elizabeth II ao trono inglês, após a morte de seu pai, o rei George VI.  Então uma jovem de 25 anos de idade, Elizabeth assumiu a monarquia em um período turbulento, durante o período do pós-Guerra, em meio às tensões da Guerra Fria, ao desenvolvimento e fortalecimento dos laços da Commonwealth ( a Comunidade Britânica de Nações), ao declínio da economia inglesa e ainda sob a sombra da abdicação de seu tio, Edward VIII, em 1936. 

Nas suas primeiras mensagens como monarca, palavras que primavam pela manutenção da estabilidade e que afirmavam seu compromisso com o regime deram o tom ao discurso, que não deixava de ressaltar o luto vivido pela família real. Os leitores do Estadão puderam acompanhar a histórica transição de poder na cobertura publicada ao longo de fevereiro de 1952.

> O Estado de S.Paulo - 07/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 07/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 07/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 07/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 07/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 07/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 08/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 08/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 08/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 09/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 09/2/1952

> O Estado de S.Paulo - 09/2/1952

edição de 09 de fevereiro daquele ano, descreveu o momento do juramento de Elizabeth II:

" (...) A rainha chegou de Clarence House, sua residência, e atravessou os jardins de St. James, precisamente ás 10 horas, penetrou na Sala de Entrada, vindo simbólica mente da Sala do Trono. De luto pesado, parou um instante, imóvel, grave e como que esmagada pela emoção, da hora gloriosa e trágica. Com voz firme, prestou então juramento, nas formulas tradicionais. de conservação do protestantismo na Inglaterra e liberdade da Igreja Presbiteriana. Sentou-se apenas um instante, para assinar a formula de juramento, depois, aprovou formalmente, algumas ordens do Conselho Privado, e fez, de conformidade com a tradição, a declaração pessoal que foi a seguinte:

“Nobres. Milordes; senhores cavalheiros,

"Com a morte repentina de meu augusto pai, fui chamada para as sumir os deveres e responsabilidades da soberania. Neste momento de profunda magoa, constitui consolo para mim ver a simpatia que vós e todos meus súditos demonstram para comigo, minha mãe, minha irmã e todos os demais membros da família real Meu pai era o nosso reverenciado e amado chefe; a tristeza pela sua perda é compartilhada por todos nós. Meu coração não me permite, nas condições atuais, dizer-vos nada além de que sempre trabalharei como fez meu augusto pai durante todo seu reinado para ter sempre um governo constitucional! e proporcionar a felicidade e a prosperidade ao povo britânico - em todos os recantos do mundo".

"Sei que com minha resolução de seguir tal exemplo brilhante de serviço e devoção serei inspirada pela lealdade e afeto daqueles de quem sou rainha e pelos conselhos do Parlamento por eles eleito".

"Peço a Deus que me auxilie a desempenhar de maneira cabal esta pesada tarefa que me foi confiada tão cedo em minha vida".

A coroação de Elizabeth II aconteceu em 02 de junho do ano seguinte e também contou com uma extensa cobertura do Estadão.

> O Estado de S.Paulo - 02/6/1953

> O Estado de S.Paulo - 02/6/1953

> O Estado de S.Paulo - 02/6/1953

> O Estado de S.Paulo - 02/6/1953

> O Estado de S.Paulo - 02/6/1953

> O Estado de S.Paulo - 02/6/1953

Atualizado em 02/6/2022 às 11:05

Leia também:

>>Pilotando avião bimotor, príncipe Philip visitou o Brasil antes da rainha, em 1962

>>  A vista da rainha Elizabeth II ao Brasil

>>Rainha Elizabeth II inaugurou o prédio do Masp

>> Diana e Charles: mundo parou para assistir união

>>Diana: relembre a bombástica entrevista da princesa em 1995

+ ACERVO

> Veja o jornal do dia que você nasceu

> Capas históricas

> Todas as edições desde 1875

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos