ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Basílica de Aparecida, uma casa para padroeira

Inaugurado em 1980 por João Paulo II, Santuário recebe cerca de 12 milhões de visitas ao ano

04 de outubro de 2016 | 14h 07
Liz Batista


Catedral de Nossa Senhora Aparecida em construção, 1969 / Estadão  


Basílica em construção. Com mais de 140 mil m² de área construída, o Santuário de Aparecida é o maior das Américas, tem o segundo maior templo católico do mundo e é o quarto mais visitado, com uma média de 12 milhões de pessoas ao ano. Sua história começou em 1717, quando o pescador João Alves achou a imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba e uma capela foi erguida em seu louvor. A santa despertou devoção, seu culto se difundiu pelo Brasil. Milhares de fiéis e romeiros passaram a visitar seu templo e ela se tornou padroeira do País. Em quase 300 anos, da descoberta da estátua até hoje, três igrejas foram erguidas em sua homenagem. Na mesma proporção em que crescia o número de devotos, aumentavam as dimensões dos templos. As obras para a construção da basílica começaram em 1955. A foto de 1969 mostra a obra em andamento. Em 1980, pelas mãos de outro João, o papa João Paulo II, o santuário foi inaugurado. 

O Estado de S.Paulo- 05/7/1980

* Matéria publicada na edição impressa do caderno Viagem de 04/10/2016  

#Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

# Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram |

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos