ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Como era São Paulo sem estádios de futebol

Terreno na Consolação foi o local da 1ª partida do Campeonato Paulista, em 1902

21 de março de 2013 | 17h 30
Rose Saconi


Construção do estádio do Pacaembu, em 1930. Acervo/Estadão

Muito antes da construção dos grandes estádios, no início do século XIX, os jogos de futebol aconteciam na Várzea do Carmo, no Velódromo Paulistano, Chácara Dulley, no Bom Retiro, no campo do Jardim Aclimação e, claro, nas centenas de campos vazios disponíveis na São Paulo daquela época. Cada terreno plano era espaço para uma partida do "violento e emocionante esporte", como chegou a descrever o Estado em suas páginas. Era o futebol informal, varzeano ou dos arrabaldes, ainda com pouco prestígio.

O Estado de S. Paulo, 1/8/1906 - Pela primeira vez, a cidade de São Paulo sediava um jogo do Brasil contra uma equipe estrangeira. A partida foi realizada no Velódromo Paulista. Placar final: África do Sul 6 X 0 Brasil. "O team brasileiro, que poderia ser muito melhor se entre nós houvesse mais amor à causa do sport, resistiu valentemente, a ponto de arrancar gritos de admiraçãode todos quantos acompanhavam com sua lucta, por assim dizer, titânica"


O Velódromo Paulistano foi o primeiro estádio de futebol da cidade. Inaugurado oficialmente no dia 19/10/1901, com a partida entre paulistas e cariocas (0 a 0), logo tornou-se um ponto de reunião da sociedade paulistana, onde iam senhoras de vestido longo e rendado e senhores de gravata e chapéu para torcer - discretamente - pois um cartaz avisava: "É expressamente proibido vaiar". O terreno pertencia à família Prado e ficava na Consolação, entre as ruas Martinho Prado e Olinda. Arrendado pelo Clube Atlético Paulistano, foi palco da maioria dos jogos do Campeonato Paulista a partir do momento em que o jardim foi transformado em gramado. Foi lá que aconteceu a primeira partida oficial do Paulistão.

No dia 8 de maio de 1902, o São Paulo Athletic Club venceu o Paulistano. "Às 3 horas da tarde já o aprazivel velodromo da Consolação regorgitava de familias das mais distinctas de nossa sociedade e de amadores deste interessante genero de sport", registrou o Estado.
Em 1915, o local foi desapropriado para a abertura da rua Nestor Pestana, antiga Florisbela.

A seção "Como era São Paulo sem" é publicada todas as sextas-feiras no caderno Metrópole

>> Como era São Paulo sem a Estação da Luz
>> Como era São Paulo sem a Marginal do Tietê
>> Como era São Paulo sem shopping Center
>> Como era São Paulo sem Corpo de Bombeiros
>> Como era São Paulo sem o Mercado Municipal
>> Como era São Paulo sem água encanada
>> Como era São Paulo sem a via Anchieta
>> Como era São Paulo sem a Catedral da Sé
>> Como era São Paulo sem a Avenida Sumaré
>> Como era São Paulo sem iluminação pública

# Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram | # Assine

Viu essa página?

John Kennedy assassinado

Há 55 anos, presidente dos EUA era baleado no Texas John Kennedy assassinado

Veja a edição completa de 23/11/1963

Tópicos
ver todos