ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Desabamento do Palace II matou 8 pessoas no Rio em 1998

Edifício na Barra da Tijuca havia sido construído por empresa do deputado Sérgio Naya

15 de outubro de 2019 | 13h 44
Acervo - Estadão

Era madrugada de  22 de fevereiro de 1998 quando moradores de um condomínio na Barra da Tijuca, bairro nobre na zona Oeste do Rio, acordaram com um estrondo e um abalo na estrutura do prédio onde moravam. A Defesa Civil foi chamada e logo depois começou a evacuar os moradores dos 22 andares do Palace II, a segunda torre do condomínio construído pela Sersan, do então deputado federal Sérgio Naya. Mesmo com a evacuação, cerca de 30 pessoas ainda estavam no prédio quando parte dele desabaou, deixando 8 mortos e um estrago irrecuperável na vida de todos os outros moradores. Em 2012, três prédios desabaram no Centro do Rio de Janeiro deixando 19 mortos e três desaparecidos. Em abril deste ano, 24 pessoas morreram no desbamento de dois edifícios a favela da Muzema, na zona oeste da capital carioca.

Página do Estadão com a notícia do desabamento do edifício Palace II.

Página do Estadão com a notícia do desabamento do edifício Palace II.

O Estado de S.Paulo- 02/03/1998

O Estado de S.Paulo- 02/03/1998

O Estado de S.Paulo- 28/02/1998

O Estado de S.Paulo- 28/02/1998

O Estado de S.Paulo- 28/02/1998

O Estado de S.Paulo- 28/02/1998

O Estado de S.Paulo- 02/03/1998

O Estado de S.Paulo- 02/03/1998

Em

Leia mais sobre o desabamento do Palace II

Veja galeria com a cobertura do desbamento do Palace II

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão

# Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | instagram

FOTOS HISTÓRICAS

Leila Diniz e amigas em 1967

Veja essa e outras imagens que marcaram época Leila Diniz e amigas em 1967

Foto: Ywane Yamazaki/Estadão

Tópicos
ver todos