ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Diário da Copa de 70 : seleção brasileira é abençoada

Equipe recebe as bençãos do Frei José Mojica

12 de junho de 2020 | 11h 24
Acervo - Estadão

Sem muitos problemas a seleção treinava em Guadalajara quando recebeu a visita do Frei José Mujica. O religioso mexicano foi um famoso ator e cantor da década de 30 e se converteu à religão na década seguinte. Continou cantando após se tornar frei Franciscano. Ele estava na cidade com sua "Caravana Lírica" para arrecadar fundos para obras beneficientes.

Depois das bençãos, o frei deu sua visão profética sobre a seleção "vejo os brasileiros com a Copa nas mãos, para guardá-la em definitivo. Tenho muita fé em ver o Brasil campeão pela terceira fez e rezo para que saia vencedor. Hoje benzi tudo e saio satisfeito por ter dado minha colaboração."

Padre-cantor abençoa os jogadores da seleção. Estadão - 13/6/1920 

Publicado em 13/6/1970  

> Diário da Copa: Gerson e Rivelino de volta

> Diário da Copa de 70: Brasil vence Romênia

> Diário da Copa de 70: Pelé critica o otimismo

> Diário da Copa de 70: Félix ganha aposta e cutuca Saldanha

> Diário da Copa de 70: Brasil vence Inglaterra

> Diário da Copa de 70: Gérson joga?

> Diário da Copa de 70: Simonal sem fôlego no treino da seleção

> Diário da Copa de 70: Brasil 4 x 1 Checoslováquia

> A dispensa de Leão

> O Brasil nas Copas do Mundo

> Fotos: Copa do Mundo 1970 México

> Charge: expectativa para o tri

>

Veja também:

> Outras notícias históricas

> Todas as edições > Censuradas  > Tópicos  > Pessoas  > Lugares  > Capas históricas

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos