ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Disco de Paul McCartney antecipou fim dos Beatles

Há 45 anos, título 'Este é o fim dos Beatles' noticiava o que só seria oficializado no dia seguinte

08 de abril de 2015 | 12h 31
Liz Batista e Rose Saconi

 
McCartney, George Harrison, John Lennon e Ringo Starr: crise começou por divergências empresariais. Estadão/AP

Depois de revolucionar a música, o comportamento e ditar as tendências dos anos sessenta, a banda que simbolizou uma década de transformações chegava ao fim no início dos anos setenta. No dia 9 de abril de 1970, Paul McCartney anunciou em Nova York o lançamento de seu primeiro álbum solo. Com o título "Este é o fim dos Beatles", o Estadão antecipava o que só seria anunciado oficialmente no dia seguinte.

Recebida pela redação por meio de uma agência de notícias internacionais, a reportagem trazia também declarações feitas pelo advogado e cunhado do músico, John Eastman, que não afirmava claramente a dissolução do grupo, apenas dizia, “o novo programa de atividades impedirá a Paul de atuar com o grupo por um tempo indefinido”.


O Estado de S. Paulo - 9/4/1970



Especulações. Fontes ligadas à gravadora Apple diziam que McCartney já não falava com os demais integrantes do grupo havia oito meses e que não era o primeiro integrante do grupo a realizar projetos individuais. Os outros beatles já estavam trabalhando em outras atividades. John Lennon e sua esposa formaram sua própria banda (Plastic Ono Band); Ringo Starr já fazia cinema, e George Harrison se ocupa com a composição e produção de gravações.

No dia seguinte, 10 de abril de 1970, veio a confirmação oficial: os Beatles deixavam de existir. Dizia o texto do Estado, “O mundialmente famoso grupo dos Beatles deixou de existir hoje, depois de dez anos de êxito compartilhado por John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr. Paul, o compositor do grupo, confirmou esta tarde que deixou o conjunto em virtude ‘de desacordos no plano pessoal, no dos negócios e no musical’”.

O Estado de S. Paulo - 11/4/1970



Números da época. O jornal trazia ainda informações sobre números de vendagem da banda naquele momento. Até janeiro de 1968, os Beatles já tinham vendido em todo o mundo cerca de 225 milhões de cópias de seus discos. O ‘compacto’ I Wanna Hold Your Hand já tinha vendido mais de 5 milhões de cópias e o segundo LP da banda, Meet the Beatles, 4 milhões e 400 mil cópias.

O último show dos Beatles foi no dia 30 de janeiro de 1969 (abaixo), no telhado do prédio da gravadora Apple, em Londres.



# Assine
 |  
# Licenciamento de conteúdos Estadão |

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos