ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Dissimulação foi fundamental para sucesso do Dia D

Desde 1942 já se sabia que os Aliados desembarcariam na Normandia

06 de junho de 2014 | 12h 50
Cristal da Rocha


Desembarque dos Aliados na costa da Normandia. The Illustrated London Review/Reprodução

Em uma operação reunindo as forças militares por mar, terra e ar, e que representou a virada definitiva dos Aliados frente ao nazismo, o Dia D, como ficou conhecido, completa 70 anos. Porém, em 1942,  quase dois anos antes do desembarque militar mais ousado já realizado até então, a ofensiva já havia sido noticiada pela imprensa, como mostra a notícia ao lado publicada no Estado em 16 de outubro de 1942. Já se tinha certeza que seria na Normandia, costa noroeste da França. Só não se sabia em qual ponto da região.

O comando aliado soube muito bem dissimular a ação. Enquanto a invasão era preparada discretamente na Inglaterra, General Patton com sua personalidade nada discreta, acompanhado de uma força militar, promovia encontros secretos em Kent, na costa leste da Inglaterra, afim de atrair publicidade para lá e distrair o Eixo do real local do desembarque que havia sido decidido ao início das operações.


O Estado de S. Paulo - 9/6/1943

A suspeita seguiu-se pelo ano seguinte, em 1943, enquanto os preparativos ocorriam na Inglaterra de maneira discreta para não levantar suspeitas do local exato do desembarque. "Se espera apenas a palavra 'vamos'", disse em nota o brigadeiro-general Daniel Noce, publicado em junho daquele ano (ver acima). 


Rascunho da ordem do dia com anotações do presidente Eisenhower (EUA) para início das operações. Fonte: Eisenhower Archives

A agência alemã DNB não errou o local, Normandia, ao citar a movimentação na região em meados de 1942, mas o fator surpresa ficou mesmo por conta do clima naquele mês. Hitler e seus generais subestimaram o tempo que em junho não parecia nada favorável para qualquer desembarque pelo litoral e um dia antes do fatídico 6 de junho a Marinha alemã não foi reconhecer a área por não parecer necessário. O então Marechal Rommel, um dos encarregados pela defesa, estava de licença e não encontrava-se na região pois havia saído para celebrar o aniversário de sua esposa no mesmo dia da invasão. Infeliz coincidência.

O Estado de S. Paulo - 7/6/1944

Dia da Vingança. A primeira descrição dada pelo jornal para o Dia D foi “Dia da Vingança” no dia em que ele começou, mesmo antes de saber do desembarque oficialmente que só iria ser noticiada na primeira página no dia seguinte. Apesar do tempo ruim do dia 5, o seguinte mostrou-se bom o suficiente para o desembarque e surpreendeu o exército Alemão que não conseguiu barrar a entrada dos Aliados pelo litoral, permitindo assim que tomassem posições na França e virassem difinitivamente o curso da história em uma guerra que se encerrou apenas no ano seguinte.

>> Leia mais sobre a 2º Guerra Mundial

Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram | # Assine

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos