ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Em 1995, outra batalha campal

Episódio protagonizado por torcedores no Estádio do Pacaembu deixou 100 feridos e um morto

09 de dezembro de 2013 | 15h 48

A última rodada do Brasileirão 2013 foi marcada pelo confronto entre torcedores do Atlético-PR e Vasco, na Arena Joinville, neste domingo (8). Imagens da violenta briga, dentro e fora do estádio, correram o mundo. Quatro pessoas ficaram gravemente feridas. O incidente foi chamado de “batalha campal” pela imprensa internacional, que levantou questões sobre a segurança nos estádios durante a Copa.  

O Estado de S.Paulo- 21/8/1995


Fifa veio à público declarar que o sistema de segurança do evento será completamente diferente do existente no Campeonato Brasileiro. Em 20 de agosto de 1995, o triste episódio protagonizado por torcedores palmeirenses e são-paulinos no Estádio do Pacaembu deixou 100 feridos (22 policiais militares) e um rapaz de 16 anos morto. Ao invadirem o campo e entrarem em confronto os torcedores muniram-se de pedaços de madeira - alguns dizem que eram dos mastros das bandeiras, outros de uma obra no local. Desde aquela partida as bandeiras com mastros foram proibidas nos estádios paulistas.

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos