ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Era uma vez em SP ... autocine Chaparral

Sucesso nos anos 70, cine drive-in era opção para namorados que buscavam privacidade

17 de abril de 2015 | 14h 26
Liz Batista

Sessão de cinema no autocine Chaparral, em 1986. Oswaldo Luiz Palermo/ Estadão
O Chaparral era o local perfeito para namorar.  O autocine era o destino dos apaixonados que buscavam entretenimento e diversão na privacidade de seu carro. No melhor estilo dos cinemas drive-in americanos, o Chaparral, que ficava na Marginal Tietê, 2000, na Zona Leste, era também uma boa opção de passeio para as famílias.
 

O Chaparral abriu as portas em 1971 e encerrou suas atividades em meados da década de 1980. Além da projeção dos filmes no enorme telão ao ar livre, o local também oferecia serviços de lanchonete. A popularidade do drive-in e sua ambientação diferente fazia dele um bom lugar para promover estreias. Assim, foi com o filme Amada Amante (1978), de Cláudio Cunha, um clássico da era da pornochanchada do cinema nacional. 

O Estado de S. Paulo - 18/6/1978
"Amada Amante" teve pré-estreia no Chaparral em junho de 1978
Em 2013, o Sesc Osasco passou a organizar sessões de cinemas mensais no seu estacionamento. O projeto, batizado de Cine Chaparral, buscou recriar a atmosfera do antigo autocine.
 

Navegue na Galeria da série Era uma vez em SP ... e conheça lugares que fizeram história 

Leia também:

#Como era São Paulo sem...

#Prédios de São Paulo

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos