ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Era uma vez em SP ... lojas Sears

Loja de departamento americana foi referência em varejo no País até a década de 1980

21 de agosto de 2015 | 11h 52
Liz Batista


Loja Sears que funcionava no bairro do Paraíso, 1988. Ewaldo Costa/ Estadão


Moda feminina, eletrodomésticos, móveis e outros produtos para casa. Durante décadas a Sears, Roebruck & Co era o endereço certo para quem precisava fazer compras. Referência em lojas de departamentos no Brasil e no mundo, a empresa americana chegou ao País em 1949 e revolucionou o mercado varejista de grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, onde reinavam Mappin e Mesbla. Seu slogan impactante, “Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta” e sua ampla gama de produtos fizeram da empresa líder no mercado nacional até o início da década de 1980. 

Na capital paulista seu endereço mais conhecido ficava no Paraíso, na Praça Oswaldo Cruz, no local onde hoje funciona o Shopping Paulista. Outra loja Sears muito procurada na cidade era a da Água Branca, onde em 1952, foi instalada a primeira escada rolante do País. 

Navegue na Galeria da série Era uma vez em SP ... e conheça lugares que fizeram história 


Muitos ainda se lembram das ações desenvolvidas pela Sears para atrair o público feminino. Desfiles eram organizados nas lojas para a promoção de novas coleções na década de 1950. E, durante o mês de outubro, as lojas promoviam o Mês da Beleza, com liquidação de produtos de maquiagem e consultoria de estilo. As mudanças nas filiais brasileiras vieram no começo dos anos 1980, quando a companhia começou a passar por problemas nos Estados Unidos, e a cadeia de lojas da América Latina foi vendida. 

Em 1983, a joint venture holandesa Malzoni e Vendex (grupo Susa) adquiriu o controle acionário das 11 lojas da Sears no Brasil, num negócio calculado em cerca de U$ 60 milhões. A venda deu novo fôlego à matriz americana. Na década de 1990 o grupo holandês vendeu suas lojas para o Mappin e para shopping centers.

O Estado de S.Paulo - 23/4/1983

Sears, Roebuck and Company. Fundada em 1866, em Minneapolis, pelo jovem perito em telegrafia Richard W. Sears, a empresa tem uma história que remonta as máximas do empreendedorismo, quando oportunidade, iniciativa e insight são materializados num negócio lucrativo.

O jovem Sears, com 23 anos de idade, viu a oportunidade surgir quando um joalheiro local não quis retirar sua encomenda de relógios na estação ferroviária chefiada por ele, em Redwod Falls. Ele mesmo se encarregou de vender a mercadoria. Empolgado com a experiência, decidiu abrir seu próprio negócio, assim surgiu a Companhia R.W. Sears de Relógios, que vendia relógios através de um catálogo de reembolso postal. Alvah Curtis Roebuck entrou na sociedade quando a empresa se mudou para Chicago e expandiu sua lista de ofertas.

Leia mais sobre outras lojas de departamento:

# Há 100 anos, Mappin abria a primeira loja

# Fotos Históricas: manequins vivos

Tag: SearsParaíso, São Paulo

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

Viu essa página?

John Kennedy assassinado

Há 55 anos, presidente dos EUA era baleado no Texas John Kennedy assassinado

Veja a edição completa de 23/11/1963

Tópicos
ver todos