ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Estados Unidos sob ataque

Entre dois atentados no Word Trade Center, país foi alvo de diferentes ações terroristas

15 de abril de 2013 | 19h 38
Edmundo Leite

Um espectro ronda os Estados Unidos. O espectro do terrorismo. Principal potência político-econômico-militar após a Segunda Guerra Mundial, o país passou a virar alvo em seu próprio solo nos anos 1990, quando uma explosão atingiu o sub-solo de um de seus maiores símbolos: o World Trade Center, os edifícios gêmeos no coração de Nova York. A explosão de 20 anos atrás matou cinco pessoas e deixou 500 feridos. Não destruiu as duas torres, mas ficou como mensagem premonitória da tragédia que aconteceria no mesmo lugar alguns anos depois, no trágico 11 de setembro de 2001, quando o mundo, incrédulo, assistiria às torres gêmeas desabarem sob ataques de aviões comerciais sequestrados por terroristas.

Entre os dois atentados, os Estados Unidos viram um prédio federal em Oklahoma ser destruído, deixando 168 mortos e 500 feridos, um professor de matemática enviar uma série de cartas-bomba a diversos locais, e uma explosão matar duas pessoas e ferir mais de 100 numa festa durante a Olimpíada de Atlanta. 

As explosões na Maratona de Boston agora se juntam a essas outras que, além de mortos e feridos, acabaram causando duas guerras que alteraram a história do mundo.

O Estado de S. Paulo - 27/2/1993

O Estado de S. Paulo - 20/4/1995

O Estado de S. Paulo - 5/4/1996


O Estado de S. Paulo - 28/7/1996



O Estado de S. Paulo - 12/9/2001


Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram | # Assine

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos