ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Fotos Históricas: Copersucar-Fittipaldi

O sonho de uma equipe brasileira na Fórmula 1 durou nove anos

29 de fevereiro de 2016 | 16h 03
Estadão Acervo

copersucar
Os irmãos Fittipaldi  apresentam o Fitti-1 da equipe Copersucar ao presidente Geisel. Alfredo Rizzuti/Estadão

Junto com a empolgação de ter Emerson Fittipaldi, o primeiro brasileiro bicampeão mundial de Fórmula 1, veio o sonho de ter uma equipe brasileira na competição, com um carro projetado e construído no Brasil. A cristalização do sonho foi apresentada ao público em 16 de outubro de 1974 em cerimônia no Palácio do Planalto com a presença do presidente, Ernesto Geisel. O Copersucar-Fittipaldi desenvolvido pelos irmãos Fittipaldi, Wilson e Emerson, foi projetado por Ricardo Divilla. O Fitti-1 prateado causou boa impressão por causa de seu desenho. Ao contrário dos outros carros de Fórmula 1, o motor e os outros componentes do Fitti-1 estavam envolvidos pela carroceria prateada.

O Estado de S. Paulo - 17/10/1974
copersucar, fittipaldi

A carroceria do carro contou com a ajuda da Embraer que fez os estudos aerodinâmicos. Boa parte das peças do Copersucar foram feitas no Brasil. A aerodinâmica da carroceria seria o diferencial porque, "as zonas de turbulência aerodinâmica são tão poucas que o F-1 brasileiro poderá ser o mais veloz de todos nas retas", relatou a reportagem do Estado no dia do lançamento do carro.

O projeto de um carro de Fórmula 1 brasileiro começou em agosto de 1973 e estreou nas pistas (Interlagos) em novembro de 1974. No ano seguinte, a equipe estreou na Fórmula 1 no grande prêmio da Argentina. O carro pilotado por Wilson Fittipaldi não chegou ao final, ele pegou fogo. Quem ganhou o GP foi Emerson Fittipaldi que corria pela Mc Laren. Na temporada de 1975 o Copersucar participou de 14 provras e foi pilotado por Wilson Fittipaldi, e no segundo carro tinha o italiano Arturo Merzario como piloto.

copersucar
Treino para a primeira corrida da equipe no GP da Argentina em 1975. Osvaldo Luiz Palermo/Estadão



Em 1976 o bicampeão mundial de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi assume o volante do Copersucar tendo como segundo piloto outro brasileiro, Ingo Hoffmann. Naquela temporada, a equipe marcou seu primeiros pontos, 3, e participou de 16 corridas. 

O ponto alto da equipe foi no GP do Brasil quando Emerson Fittipaldi chegou em 2º lugar, atrás de Carlos Reutemann, da Ferrari. 


Anúncio da equipe publicado em 12 de janeiro de 1975

A parceria com a Copersucar foi até a temporada de 1979. Depois teve o patrocínio da Skol. A equipe competiu até a temporada de 1982. No total foram 104 corridas, e do primeiro carro de 1974 até o último de 1982, foram 11 modelos. Além dos irmãos Fittipaldi e Ingo Hoffmann, também correram pela equipe os brasileiros Alex Ribeiro e Chico Serra e o finlandês Keke Rosberg. 

Leia mais sobre a Copersucar-Fittipaldi: 

Emerson aprova o Copersucar-Fittipaldi

Wilson corre bem, Emerson fica entusiasmado

Fitti-1 corre, o Brasil ri, torce, aplaude, ri

P
assada a euforia, Emerson só pensa no futuro com novo carro

Com Emerson, o sucesso do carro brasileiro

Copersucar confirma desistência

História de uma equipe que não deu certo

E a Fittipaldi confirma o seu fim

Veja mais em Fotos Históricas

Tags: Fórmula 1, Emerson Fittipaldi

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos