ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Fotos Históricas: Costa e Silva e a pistola

General que presidia o País em 1967 foi vacinado pelo ministro da Saúde

09 de setembro de 2015 | 12h 30


Adão Nascimento/Estadão

O homem chegou com uma pistola em punho e fez um disparo certeiro no braço de Costa e Silva, o segundo presidente da ditadura militar no Brasil. O general não reagiu. Ele mesmo solicitou o disparo. A cena captada pelo repórter fotográfico do jornal Adão Nascimento aconteceu no lançamento da campanha de erradicação da varíola, em 1967.

O fotógrafo da presidência escalado para registrar e divulgar o ato pediu aos médicos para apenas simular o procedimento, mas foi interpelado por Costa e Silva: "Simular, não. Pode fazer de verdade mesmo, quero ver como é", disse. O ministro da Saúde, Leonel Mirando, que estava presente, pegou ele próprio a pistola e aplicou a vacina.

As pistolas injetoras de vacina na época tinham a forma aproximada de um revólver. Ao apertar-se o gatilho, o aparelho injetava, sob pressão, o liquido na pele de quem era vacinado.

O Estado de S. Paulo - 2/8/1967

Erradicada. Em 1971, a varíola já havia sido eliminada da América Larina e, em 1975, terminou na Ásia. Em 1978, a varíola causaria a última morte, em um laboratório inglês que manipulava o vírus.

Navegue na galeria e veja mais do 'Fotos Históricas'



Tags: Vacina

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos