ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Galeria dos bebês da realeza britânica

Conheça o pai, avô e bisavó do futuro herdeiro do trono quando eram bebês

18 de julho de 2013 | 18h 26
Liz Batista
A chegada do mais novo herdeiro da Família Real Inglesa, o filho do príncipe William e da princesa Kate, será como foi a do seu pai, avô, bisavó e tataravô: um evento mundialmente celebrado e repleto de cerimônias e fotos. 
 

Rainha Elizabeth II e sua  mãe, Elizabeth Bowes-Lyon Reprodução/Illustrated London News

A ausência de pureza na linhagem sangue azul do pequeno herdeiro - a mãe é uma plebeia que se tornou princesa através do casamento - parece não importar os milhões de ingleses que aguardam ansiosamente a chegada de um novo membro da Casa Windsor. Pelo contrário, o carisma da princesa Kate parece falar mais alto que qualquer tradição.  

Veja abaixo como foi a chegada do príncipe William, do príncipe Charles, o futuro avô, da Rainha Elizabeth e de outros membro da realeza inglesa.

Pai. O príncipe Willian, duque de Cambridge, também foi um bebê muito aguardado. Filho de Charles, príncipe herdeiro e 1º na sucessão do trono inglês, e de Diana, a popular princesa de Gales, viveu seu momento de apresentação ao mundo pouco depois de seu nascimento, em 21 de junho de 1982.

O Estado de S.Paulo - 22 e 23 /6/1982

 




Avô. Em 14 de novembro de 1948, os ingleses celebraram o nascimento do príncipe Charles, o primeiro filho da rainha Elizabeth, então princesa, e do duque de Edimburgo, Phillip Mounthbatten. O comunicado oficial do palácio de Buckingham, publicado no Estado, informava que “sua alteza real, a princesa Elizabeth, duquesa de Edimburgo, deu à luz, com felicidade um príncipe”.


O Estado de S.Paulo - 16/11/1948

 



Tataravô. Segundo as leis da sucessão, os primogênitos dos monarcas e dos príncipes herdeiros serão os futuros regentes. Por isso sua espera é tão aguarda e sua chegada tão festejada. Mas nem sempre a história caminha de acordo com essa regra, assim, a transmissão de poder dentro de uma linhagem real pode vir a  pular algumas gerações. Como aconteceu em 1936, quando George VI assumiu a coroa inglesa, após a renúncia do primeiro primogênito da casa de Windsor, Edward VIII. Segundo filho do rei George V e da rainha Maria de Teck príncipe Albert, futuro George VI, não foi preparado para assumir o trono. Portanto, seu nascimento não teve a mesma pompa que o do seu irmão mais velho. Mas mesmo assim não deixou de ser registrado no Estado em 1895:

O Estado de S.Paulo - 14/11/1895






Bisavó. Tão pouco Elizabeth, nascida em 21 de abril de 1926, quando seu pai George ainda era o 2º na sucessão do trono, veio ao mundo com pompa. No entanto, mesmo sem terem sido os bebês reais mais aguardados, a atual  rainha da Inglaterra e seu falecido pai,  rei George VI, figuram entre os monarcas mais queridos da contemporaneidade.

O Estado de S.Paulo - 22/4/1926







Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram | # Assine
PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos