ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Há 60 anos, clássico com Bardot estreava em SP

'E Deus Criou a Mulher... mas o diabo inventou Brigitte Bardot!', dizia cartaz do filme com a diva

23 de julho de 2018 | 11h 21
Liz Batista - O Estado de S.Paulo

Com direção de Roger Vadim, o filme E Deus Criou a Mulher (1956) lançou Brigitte Bardot ao estrelato e a colocou na condição de um dos maiores símbolos sexuais do cinema. Na pele de Juliette, Bardot quebrou tabus; protagonizou pequenas cenas de nudez, uma dança provocante e apareceu usando um traje de banho de duas peças, o biquíni que se popularizaria na década de 1960. No Brasil, o filme foi proibido para menores de 18 anos de idade. O cartaz da exibição, publicado no Estadão de 23/7/1958, prometia "Brigitte Bardot no mais audacioso filme dos últimos tempos!"

Cartaz de 'E Deus Criou a Mulher', publicado no Estadão de 23/7/1958

Veja também:

#Perfil: Brigitte Bardot

#Fotogaleria: 70 anos do Biquíni

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão

# Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | instagram

FOTOS HISTÓRICAS

Leila Diniz e amigas em 1967

Veja essa e outras imagens que marcaram época Leila Diniz e amigas em 1967

Foto: Ywane Yamazaki/Estadão

Tópicos
ver todos