ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Há 80 anos, Alemanha aprovava leis antissemitas

Leis de Nuremberg isolaram minorias e fizeram da perseguição aos judeus uma política de Estado

14 de setembro de 2015 | 17h 32
Liz Batista

Um doloroso capítulo da história da Alemanha completa 80 anos. Em 15 de setembro de 1935, o Parlamento Alemão (Reichstag) promulgou as Leis de Nuremberg. Com elas se tornaram proibidos os casamentos entre alemães e judeus na Alemanha nazista e foram estabelecidas modalidades de cidadania. Foi criada uma distinção entre  “cidadãos do Estado” e  “cidadãos do Reich” (Reichsbürger), apenas estes, que tinham sua pureza de sangue comprovadas pelo Reich, gozariam de direitos civis e políticos. 

O Estado de S. Paulo- 17 /9/1935

Embora a perseguição antissemita na Alemanha tenha se tornado latente com a ascensão de Adolf Hitler ao poder em 30 de janeiro de 1933, muitos historiadores entendem as Leis de Nuremberg como uma etapa preparatória para a escalada de brutalidade contra os judeus que configuraram o Holocausto. Um primeiro passo que tornou possível o envio de milhares aos campos de concentração como os de Auschwitz/Birkenau, Mauthausen, Treblinka, Belzec, Maidanek, e para a morte nas câmaras de gás. Estima-se que o regime nazista tenha sido responsável pela morte de cerca seis milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

Tags: Nazismo Judeus, Holocausto

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos