ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Há século: Ilha das Cobras

Estadão publicou detalhes sobre a ilha repleta de cobras

10 de setembro de 2020 | 14h 57
Acervo - Estadão

>> Estadão - 10/9/1920

Edição do Estadão de 10/9/1920

Edição do Estadão de 10/9/1920

A edição de 10 de setembro de 1920 trouxe a primeira grande reportagem sobre a Ilha das Cobras ou Ilha da Queimada Grande publicada no Estadão. Nela, os leitores puderam ver fotos e detalhes sobre a ilha, que fica no litoral de São Paulo, próxima a Santos. Ela considerada uma das mais perigosas do mundo por causa da imensa quantidade de cobras. A reportagem teve sequência na edição seguinte.

>> Estadão - 10/9/1920

Publicado em 10/9/1920

Publicado em 10/9/1920

As informações fornecidas ao Estadão vieram de Afranio Amaral, do Instituto Butantã, que visitou a ilha e fez detalhes precisos sobre a realidade e tirou fotos, como as publicadas no momento em que uma cobra dá um bote num pássaro. Ela "é um lugar ermo, selvagem e triste, habitado por uma immensa população de cobras e de mergulhões. As cobras agitam-se, rabeiam por todos os recantos entre as pedras, entre o mato. Os mergulhões voam em nuvens por cima dos rochedos e de raspão sobre as ondas", "nesse monte de pedras", continua o relato "vivem quatro moradores humanos" que cuidam do farol. Animais domésticos? "poucos conseguem medrar. De mamiferos, só se encontram um cão e um gato, mais mordidos do que o Thesouro de S. Paulo".

A propaganda escolhida foi da máquina "especial especial para fazer gelo ou bebidas geladas".

>> Estadão 10/9/1920

Publicado em 10/9/1920

Publicado em 10/9/1920

+ ACERVO

> Veja o jornal do dia que você nasceu

> Capas históricas

> Todas as edições desde 1875

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Veja o jornal do dia que você nasceu

Busque a edição pela data de seu nascimento Veja o jornal do dia que você nasceu

# Capa com cartaz do filme King Kong em 1933

Tópicos
ver todos