ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Henfil, um dos maiores cartunistas do Brasil

Há 25 anos morria o autor de personagens que burlaram a censura na ditadura militar

04 de janeiro de 2013 | 11h 04
Liz Batista

Há 25 anos, os fãs de personagens como Os Fradinhos, Comprido e Baixim, Bode Orelana, Graúna, o nordestino Zeferino, Ubaldo, o paranoico e outros souberam que não leriam novas aventuras nas tirinhas de jornal. Henrique de Souza Filho, Henfil, o talentoso humorista, jornalista e cartunista mineiro perdia sua luta contra a aids e morria, após dois anos de constantes internações, em 4 de janeiro de 1988.

 

 Na edição de 6/1/1988 edição vários cartunistas dedicaram suas tiras ao Henfil.

Suas tirinhas sarcásticas, críticas e de humor deliciosamente impróprio, desafiaram a censura do regime militar. Seus personagens diziam o que os cidadãos por medo calavam.

>> Tudo o que foi publicado  sobre o Henfil no Estado 

Henfil estreou como chargista na revista Alterosa em 1964. No ano seguinte, tornou-se colaborador do Diário de Minas, o primeiro de uma lista de grandes publicações brasileiras que publicaram os trabalhos do autor.

O Estado de S. Paulo, 6/1/1988


Durante sua carreira, Henfil colaborou em diversos títulos, como as revistas Visão, O Cruzeiro, Realidade, Visão, Isto é e Placar. No Rio, teve trabalhos publicados no Jornal do Brasil, no jornal Pasquim e no O Globo. Em São Paulo foi cartunista do Caderno 2, do Estado.

O Estado de S. Paulo, 3/2/1988

Hemofílico, assim como seus irmãos, o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, e o escritor Francisco Mário Souza, Henfil também foi contaminado pelo vírus HIV durante uma transfusão de sangue. Seu drama, um reflexo da negligência governamental na área da saúde e da falta de controle nos bancos de sangue durante a década de 80, ganhou a mídia e mobilizou a sociedade numa campanha de conscientização sobre a aids.

O Estado de S. Paulo, 13/1/1996
Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos