ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Início dos caixas eletrônicos no Brasil causou espantos e perrengues

Matéria do Estadão de 1984 que conta casos engraçados de interação com o aparelho tem despertado curiosidade no Twitter

26 de abril de 2022 | 13h 57
Liz Batista - O Estado de S.Paulo

Hoje uma tecnologia habitual, de uso corriqueiro - e até mesmo, ameaçada de tornar-se obsoleta na era do dinheiro digital- os caixas eletrônicos despertaram empolgação, desconfiança e fascínio quando foram introduzidos, e significaram um salto tecnológico para as operações bancárias no País.

>> Estadão - 11/11/1984

>> Estadão - 11/11/1984

>> Estadão - 11/11/1984

Sua chegada veio acompanhada de histórias divertidas, que para gerações acostumadas à vida digital parecem cômicas e até um pouco absurdas. Quase quatro décadas depois, uma matéria do Estadão de 11 de novembro de 1984 sobre o assunto tem despertado a curiosidade dos usuários do Twitter.

Twitte de matéria do Estadão sobre a chegada dos caixas eletrônicos 

Clique aqui para ver mais

Twitte de matéria do Estadão sobre a chegada dos caixas eletrônicos 

Clique aqui para ver mais

“Troca de receitas de bolo pelo computador, utilização de robô na escola e na indústria automobilística, recados em secretária eletrônica, automação em agências bancárias, brinquedos eletrônicos, jogos e quebra-cabeças pelo Videotexto e até uma comunidade nacional interligada por micros. Cem anos depois da invenção da registradora, o desenvolvimento tecnológico invade as casas e escritórios paulistanos”. A matéria escrita por Pedro Zan, em 1984, se dedica a explorar os efeitos da revolução que o uso de computadores, algo que começava a acontecer no Brasil de forma mais ampla na década de 1980. Fala também sobre o investimento dos bancos em automação e traz casos engraçados sobre as primeiras interações entre clientes e os caixas informatizados.

>> Estadão - 15/01/1970

>> Estadão - 15/01/1970

>> Estadão - 15/01/1970

O texto conta como um rapaz de que ao invés de usar as teclas da máquina, interagiu com o aparelho como se estivesse num caixa físico e respondeu em alto em bom som ao computador o número da sua conta corrente, quando o texto no visor pediu a informação. Outra matéria do período conta que uma cliente, preocupada com seus dados, queria apagar da tela seu saldo, tentou esfregar, abanar e assoprar o painel.

Automáticos e eletrônicos. Os caixas automáticos começaram a ser usados no Brasil na década de 1970. No Acervo Estadão é possível ver publicidades dos bancos anunciando a novidade. No anúncio de 23 de agosto de 1970, o Bradesco explicava aos seus clientes como usar a máquina: "(…) Você põe um cartãozinho dentro dele, aperta um botão e em alguns segundos o caixa mostra a cor do seu dinheiro (...)

>> Estadão - 23/8/1970

>> Estadão - 23/8/1970

>> Estadão - 23/8/1970

Na década de 1980, foi a vez dos caixas eletrônicos serem introduzidos no País. Um dos primeiros aparelhos do tipo foi instalado em uma agência do Itaú em Campinas, como mostrava o anúncio de página inteira  do banco no Estadão de 14 de abril de 1983.

>> Estadão - 14/4/1983

>> Estadão - 14/4/1983

>> Estadão - 14/4/1983

Veja também:

#Fotos Históricas: fila em orelhão

#Urna eletrônica: 'máquina de votar' já era prevista na lei eleitoral desde os anos 30

#Viu esse anúncio? 1978 | Fita cassete

#Viu esse anúncio? 1978 | Mobilete

#Viu esse anúncio? 1983| Videogame Odyssey

#Viu esse anúncio? 1986 | Data-Cal da Casio

#Viu esse anúncio? 1988 | Tênis Bamba 

#Viu esse anúncio? 1998 | Pager na Teletrim

+ ACERVO

> Veja o jornal do dia que você nasceu

> Capas históricas

> Todas as edições desde 1875

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos