ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Levy ocupou postos-chave nos governos FHC e Lula

Conheça a trajetória do novo ministro da Fazenda

27 de novembro de 2014 | 15h 36
Estadão Acervo

O novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ocupou postos-chave desde o governo Fernando Henrique Cardoso, onde foi economista-chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento.

Levy chegou em Brasília em 2000 levado pelo então secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Edward Amadeo. O economista foi mantido no processo de transição entre o governo FHC e Lula, onde, em 2002, foi secretário do Tesouro.

 

O Estado de S. Paulo - 29/12/2002

 

Em 2006, com a saída de Antonio Palocci e a entrada de Guido Mantega na Fazenda, Levy assumiu a vice-presidência de Finanças e Administração do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

O Estado de S. Paulo -  10/11/2003

 

Em 2007, aceitou o convite do governador Sérgio Cabral para comandar a Secretaria da Fazenda do Estado Rio de Janeiro. Ficou no cargo até maio de 2010 quando assumiu a diretoria de gestão estratégica da Bradesco Asset Management (Bram).

 

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos