ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Lugo e as cenas de um governo instável

Presidente paraguaio cai após um processo de impeachment relâmpago

22 de junho de 2012 | 21h 27
Lizbeth Batista

Em 23/4/2008, Editorial analisava a vitória do ex-bispo Fernando Lugo nas eleições presidenciais do Paraguai. Falava do sucesso da “Aliança Patriótica para a Mudança” nas urnas e dos difíceis obstáculos para governar, “uma coalizão feita sob medida para ganhar as eleições, não para governar”. Essa tensão entre Legislativo e Executivo marcou todo o governo Lugo, que não conseguiu promover as reformas radicais prometidas em campanha. Governando, nos últimos meses, por meio de decretos o presidente foi acusado de mau desempenho de suas funções e sofreu hoje impeachment no Senado.

Seus quase quatro anos de mandato foram pontuados por escândalos pessoais, troca de acusações com a oposição, a renegociação do tratado sobre a Usina Itaipu com o Brasil e uma política agrária que provocou sérios conflitos.


O Estado de S.Paulo, 27/4/2008




O Estado de S.Paulo, 23/4/2009





O Estado de S.Paulo, 25/4/2009





O Estado de S.Paulo, 30/4/2009






O Estado de S.Paulo, 17/8/2009






O Estado de S.Paulo, 17/8/200
9







O Estado de S.Paulo, 04/2/2012












>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Veja o jornal do dia que você nasceu

Busque a edição pela data de seu nascimento Veja o jornal do dia que você nasceu

# Capa com cartaz do filme King Kong em 1933

Tópicos
ver todos