ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Moraes Moreira uniu prestígio artístico a sucesso popular

Cantor, compositor e instrumentista baiano criou obra musical e poética sofisticada e vibrante

13 de abril de 2020 | 15h 20
Acervo - Estadão

Moraes Moreira no Rock in Rio III em 18/1/2001

Moraes Moreira no Rock in Rio III em 18/1/2001

"Bombas na guerra-magia, Ninguém matava, ninguém morria, Nas trincheiras da alegria, O que explodia era o amor..."

Na história da música brasileira, prestígio artístico e sucesso popular são muitas vezes inconciliáveis. Basta dar um passo rumo ao segundo para perder o primeiro, com gente passando a torcer o nariz para o antigo prestigiado. Para sorte do Brasil, Moraes Moreira [1947-2020] conseguiu unir os dois atributos desde Os Novos Baianos e, principalmente, depois, quando deixou o conjunto hippie para uma carreira solo repleta de sucessos.

Em carnavais, festas juninas, rodas de samba, casas de forró e festivais de rock não havia quem ficasse indiferente ao ritmo e poesia do músico baiano e sua criação. Quando lançou o disco 'Mancha de dendê não sai', Moraes se definiu: "Se a mancha de dendê não sai é porque está na alma e isso me deixa à vontade para ir e voltar ao exterior, ou usar a tecnologia de som mais avançada, porque nada disso vai me tornar menos brasileiro ou menos baiano."

Relembre alguns momentos da carreira do cantor, compositor e instrumentista nas páginas do Estadão.

Moraes Moreira no jornal de 11/11/1981

Moraes Moreira no jornal de 11/11/1981

Moraes Moreira no jornal de 27/9/1984

Moraes Moreira no jornal de 27/9/1984

Moraes Moreira no jornal de 14/5/1982

Moraes Moreira no jornal de 14/5/1982

Moraes Moreira no jornal de 10/11/1999

Moraes Moreira no jornal de 10/11/1999

Moraes Moreira no jornal de 25/4/2007

Moraes Moreira no jornal de 25/4/2007

Entrevista de Moraes Moreira no jornal de 18/8/2013.

Entrevista de Moraes Moreira no jornal de 18/8/2013.

Moraes Moreira com colegas dos Novos Baianos em 1973.

Moraes Moreira com colegas dos Novos Baianos em 1973.

Moraes Moreira no Rock In Rio II em  27/1/1991.

Moraes Moreira no Rock In Rio II em  27/1/1991.

Veja também:

> Moraes Moreira joga sua rede de ritmos baianos

> Há 40 anos, quando o novo baiano saiu da toca

> Afinidade de Moraes Moreira e Davi Moraes

> Novos Baianos se reúnem após 17 anos

> O sertão particular de Moraes Moreira

# Acervo Estadão

Todas as edições | Censuradas | Tópicos | Personalidades | Lugares | Páginas da História

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos