ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Morre Hebe, a estrela que nasceu com a TV

História da televisão brasileira não pode ser contada sem Hebe Camargo

29 de setembro de 2012 | 13h 39
Rose Saconi e Liz Batista

O Estado de S.Paulo, 7/3/2009



Se a era do rádia teve suas rainhas, a majestade maior da TV era, sem dúvida, Hebe Camargo. Presença constante no vídeo, a medida que sua história foi se confunde com a da TV brasileira e que passo a passo sua a carreira seguia a evolução desse popular meio de comunicação, Hebe se tornou uma das artistas e apresentadoras mais queridas do País.

Muitos anos antes de se tornar a ícônica apresentadora loira, Hebe iniciu sua carreira artística participando de programas de calouros. Aos 11 anos e, aos 15, criou a dupla caipira Rosalinda e Florisbela, ao lado da irmã Stela. Logo depois, partiu para a música popular brasileira e foi batizada de Moreninha do Samba. A garota charmosa que ganhava a vida como crooner em uma boate no centro de São Paulo gravou discos e virou sucesso.

O Estado de S.Paulo,2/6/1952

No entanto, o grande momento da carreira estava por vir. Na noite de 18 de setembro de 1950, quando o apresentador Homero Silva levou ao ar, ao vivo, pela TV Tupi Difusora de São Paulo, o nascimento da televisão brasileira, Hebe Camargo fazia parte dos convidados de Assis Chateaubriand.

Ainda nos primeiros anos da TV no Brasil, apresentou, com sucesso, O Mundo é das Mulheres, no canal 5 da Organização Victor Costa, além dos programas Os Calouros em Desfile, Maiôs à Beira-Mar e Com a Mão na Massa.

 

Hebe Camargo,1967

Arquivo/AE

O primeiro casamento afastou a apresentadora por dois anos do vídeo. Voltou à Record em 1964, numa espécie de Fantástico, aos domingos, entre 20 e 22 horas.


O Estado de S.Paulo, 24/01/1971

Em 1973, Hebe resolveu trabalhar no rádio. Casou-se com o empresário Lélio Ravagnani e voltou ao vídeo em 1979 a convite da Rede Bandeirantes, onde ficou até 1981.

 
O Estado de S.Paulo, 09/12/1979

Em março de 1986, Hebe deixou a emissora e foi para o SBT de Sílvio Santos, onde ficou até 2011 quando mudou para a Rede TV!


O Estado de S.Paulo, 04/10/1986



Em entrevista ao Estado, em 2002, revelou os segredos de sua longevidade na telinha.


O Estado de S.Paulo, 10/11/2002

# Hebe Camargo

# Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram | # Assine


>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Veja o jornal do dia que você nasceu

Busque a edição pela data de seu nascimento Veja o jornal do dia que você nasceu

# Capa com cartaz do filme King Kong em 1933

Tópicos
ver todos