ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Nelson Rodrigues, 1.649 vezes

JT publicou textos do dramaturgo entre 1968 e 1980

21 de agosto de 2012 | 14h 40
Rose Saconi

Estado, 7 de julho de 1968

"Segunda-feira começaremos a publicar 'As Confissões', de Nelson Rodrigues. É a vida brasileira através do autor das frases mais divulgadas e das peças proibidas. Cronista que fala mal de todo mundo (principalmente dos amigos), criador de alguns mitos e destruidor de outros. Todos os dias no JT".



O dramaturgo, romancista e jornalista, que provocou polêmica pela ousadia de seus temas ao retratar os valores morais da classe média urbana, foi colaborador do Jornal da Tarde de 1968 a 1980. Nesse período, foram 1.649 crônicas publicadas no jornal, ainda não digitalizado. Nos primeiros anos escrevia quase que diariamente na página 2 do jornal, tratando de assuntos diversos. Somente em 1969 foram 291 textos. A partir de 1974, a edição de Esportes do jornal passou a publicar suas crônicas esportivas.

Doente, com sérios problemas de saúde e precisando ganhar dinheiro, em meados de 1968, Nelson sugeriu ao crítico teatral e amigo Sábato Magaldi oferecer ao JT suas crônicas que na época escrevia para O Globo e Última Hora. Ruy Mesquita, diretor do jornal, ficou satisfeitíssimo com a ideia e contratou Nelson por um bom salário. “Dou meu testemunho de que esse contrato com o JT foi decisivo para o Nelson, para que mudasse de atitude em relação a São Paulo”, declarou o crítico em entrevista ao jornalista Alberto Guzik, em maio de 1994.


8 de julho de 1968. A primeira crônica de Nelson no JT

O Estado de S.Paulo -  6/4/1957

Além de sugerir a contratação de Nelson Rodrigues, Sábado Magaldi fez diversas críticas no Estado sobre a obra do autor.



Acima uma das colunas de Nelson Rodrigues na Edição de Esportes do Jornal da Tarde em 8 de agosto de 1980.
>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos