ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

O gigante era palmeirense quando acordou

Antes de ser palavra de ordem, #ogiganteacordou teve seu significado ligado ao futebol

16 de setembro de 2013 | 15h 54
Carlos Eduardo Entini

A hashtag #ogiganteacordou foi usada no Twitter pela primeira vez em 2010. Três anos antes de virar palavra de ordem nas manifestações que tomaram as ruas do Brasil. Hashtag é uma palavra-chave utilizada pelos usuários das redes sociais antecedidas pelo símbolo '#' para classificar um assunto. Originalmente, o gigante significou Palmeiras, que na época, segundo o autor do twitte, acordara com a contratação do técnico Luiz Felipe Scolari.

Essa informação só é possível porque o site Topsy, desde o dia 4 de setembro, permitiu pesquisar todo o conteúdo produzido no Twitter desde sua criação, em 2007. Segundo o site, a hashtag #ogiganteacordou foi usada pela primeira vez por @ejunior89 . "Boa Noite para todos #OGigantesAcordou', postou Elio Maia Junior, às 18 horas de 14 de junho daquele ano.


Primeira marcação com #ogiganteacordou ocorreu três anos antes de virar palavra de ordem nas manifestações

A hashtag foi a forma do palmeirense comemorar a volta de Felipão ao time paulista depois de 10 anos da sua primeira passagem. No dia 13 de junho de 2010, o técnico e o clube firmaram contrato de dois anos e meio, até o fim da temporada de 2012.

O Estado de S. Paulo - 14/6/2010

No primeiro significado, #ogiganteacordou se referia à contratação de Felipão pelo Palmeiras


Logo depois da tuitada do Elio, a hashtag se propagou pela rede social. Primeiro significou Palmeiras, depois no decorrer dos anos seguintes, o grito foi utilizado por diversos torcedores de outros times, até que em 2013 ganhou o País como uma das palavras de ordem dos manifestantes que ocuparam as ruas. Em, 2011 a ideia de um gigante que acordava foi utilizada pela propaganda na campanha do uísque Jonnhy Walker. O slong era "o gigante não está mais adormecido".

A hashtag adquiriu o significado nas manifestações em 13 de junho de 2013, ainda segundo o Topsy. Foi numa resposta de Davi Moraes Couto a Rafa Oliveira repercutindo as críticas contra as manifestações do Movimento Passe Livre (MPL) realizadas e reprimidas com violência em São Paulo, "deprimente esses mal informados. Espero q não seja só pelo transporte, que o Brasil continue #oGiganteAcordou #BrasilAcordou".



Depois de três anos sendo um grito de torcedores, #ogiganteacordou saiu dos estádios e foi para as ruas

Depois de remexer na extensa memória, afinal o palmeirense postou mais de 70 mil vezes no Twitter, Junior começou a lembrar de onde veio a inspiração e o gigante: “na época tinha uma série de vídeos no youtube, era uma série de ficção criada por um editor de vídeos do youtube, e se não me engano, um dos episódios tinha o nome ou uma cena em que se passava no Rio de Janeiro onde um gigante despertava e se levantava”. E a associação chegou quando “foi anunciada a contratação do Felipão pelo Palmeiras, acho que foi daí que veio a ideia da hashtag”, contou por e-mail.


O 'gigante' original acordou para salvar o Brasil de invasão alienígena. Foto: Reprodução

Gigante de olhos verdes. Depois de outra troca de e-mails entre a reportagem do Estadão Acervo e o tuiteiro chegou-se ao vídeo. A cena que o criador da hashtag se refere é a do filme “A Menina e o Gigante”, postado no youtube em 22 de fevereiro de 2010. Sucesso na internet, o vídeo é um dos vários feitos por Ademir di Paula. O pernambucano de São Lourenço da Mata é famoso na rede pelos seus filmes de ficção científica feitos em casa e com a ajuda da família. Após o sucesso o curta ganharia uma versão maior.

Na história de Ademir, o gigante de olhos e coração verdes acordou para salvar o Brasil depois de ter sido invadido por 38 naves em 24 horas. Para Ane - a menina da história -  a única esperança de salvação “estaria na lenda de um poderoso gigante que sempre viu em seus sonhos, ela nunca o viu, mas sabe que ele existe...”, diz os letreiros que iniciam o filme. No fim, o gigante de olhos verdes, em uma única batalha, salvou a menina e o Brasil da invasão alienígena. O mesmo não se pode dizer da passagem de Felipão, a lenda do Palmeiras. O treinador deixou o clube em meio a uma crise, antes do final do contrato, em meados de 2012. E no mesmo ano o foi rebaixado para a segunda divisão.


Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram | # Assine 

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos