ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

O sobe e desce da velocidade das Marginais

Limite de velocidade já aumentou por causa da queda de acidentes

21 de julho de 2015 | 17h 13
Estadão Acervo


Em 1998 houve o aumento de velocidade nas pistas das marginais. OESP - 22/8/1998

O excesso de velocidade nas Marginais do Tietê e Pinheiros e suas consequências, mortes e acidentes, sempre foi um problema para o trânsito paulistano. As vias que circundam São Paulo foram idealizadas para tirar os caminhões das ruas da cidade, mas logo se transformaram em locais de acidente. A reportagem do Estado "O perigo corre junto nas Marginais" registrou que a cada dia ocorriam 12 acidentes graves. Com a instalação dos radares, em 1992, os abusos começaram a ser controlados.

O Estado de S. Paulo - 20/10/1989

Antes deles, a Prefeitura tinha poucos recursos para fiscalizar a via de 44 quilometros. Contava apenas com as batidas policias ou com alguns radares de mão. O primeiro efeito dos radares na década de 1990 foi o aumento de multas. O segundo, a redução de acidentes e mortes. Por causa disso, em 1998, a velocidade máxima das pistas foi aumentada. Na expresa subiu de 80 km/h para 90 km/h, e nas locais, de 60 km/h para 70 km/h.

O Estado de S. Paulo - 27/11/1992


Essas velocidades valeram até a última segunda-feira, 20, quando caiu para 70 km/h e 50km/h, e 60km/h nas pistas centrais. E o argumento para a diminuição da velocidade, segundo o prefeito Fernando Haddad, foi o grande número de mortes e acidentes na via. 

O Estado de S. Paulo - 17/9/1992



Insatisfação. Em 1992, quando os limites de velocidades nas Marginais começaram a ser fiscalizados, também gerou insatisfação. Uma motorista argumentou que as vias expressas das Marginais "tem um tratamento de rodovia. Por isso elas têm capacidade de absorver um trânsito com velocidade de 100 km/h". Outro motorista reclamou, em carta ao Estado, que era impossível andar a 80 km/h por causa dos ônibus e caminhões que forçavam a passagem. 

Tags: Marginal do Tietê, Marginal do Pinheiros

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos