ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Prédios de São Paulo: Capri e Acapulco

Proximidade com o Parque Trianon era o diferencial citado no anúncio de lançamento em 1954

21 de agosto de 2014 | 10h 23
Cley Scholz

Emoldurada pela luxuriante vegetação do mais belo parque da cidade", dizia o anúncio de lançamento dos edifícios Capri e Acapulco, publicado no Estado do dia 10 de janeiro de 1954. A publicidade do imóvel localizado na Avenida Paulista, esquina com a rua Peixoto Gomide, destacava a proximidade dos com o Parque Tenente Siqueira Campos, mais conhecido como Parque Trianon


O Estado de S.Paulo – 10/01/1954


>> Acompanhe a série 'Prédios de São Paulo' 


"Prédio suspenso com jardins ao redor, em continuação harmônica com o Parque Siqueira Campos", dizia o texto. A oferta dos dois lançamentos era de apenas 3% de entrada e 97% do valor financiado. O anúncio trazia a ilustração com detalhes do projeto do arquiteto Simeon Fichel, o mesmo que projetou o edifício Baronesa de Arary, o primeiro prédio residencial da avenida Paulista, construído em 1954. 


>>Os edifícios hoje 

O Parque Trianon, inaugurado em abril de 1892 com a abertura da Avenida Paulista, foi projetado pelo paisagista francês Paul VillonO nome Trianon veio do clube que ficava na área em frente, onde hoje está o Museu de Arte de São Paulo (MASP). Em 1931 o parque recebeu o nome atual em homenagem a um dos heróis da Revolta Tenentista.

>>Conheça outro edifícios da região:

# Edifício Silvana 

# Cine Trianon 

# Edifício Siqueira Campos

# Edifício Barão de Itatiaya

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos