ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Prédios de São Paulo: Joelma

Marcado pelo incêndio de 1974, edifício passou por reforma e foi rebatizado 'Praça da Bandeira'

05 de junho de 2014 | 10h 28
Cley Scholz

No dia 14 de setembro de 1978, a imobiliária Itaoca anunciou a oferta de espaços comerciais no edifício Novo Joelma. O nome oficial do prédio mudou para Edifício Praça da Bandeira, mas popularmente ele continua sendo chamado até hoje de Joelma.  

O Estado de S.Paulo - 14/9/1978


>>O prédio hoje 

O nome de batismo do prédio inaugurado em 1971 ficou marcado pela a tragédia do dia 1º de fevereiro de 1974, quando um incêndio provocado por um curto-circuito no sistema de ar condicionado do 12º andar deixou 188 mortos e mais de 300 feridos. Veja abaixo, no 'Páginas Selecionadas', a cobertura do Estado sobre o pior incêndio de São Paulo.


>> Acompanhe a série 'Prédios de São Paulo'


Com 25 andares, sendo dez de garagem, o prédio fica na confluência da Avenida 9 de Julho com a Rua Santo Antônio, Praça das Bandeiras, Vale do Anhangabaú e Avenida 23 de Maio. No local, funciona hoje a sede do Partido Social Democrata (PSD), fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, na última campanha presidencial, o espaço foi alugado pelo PSDB para o comitê de campanha de José Serra e Geraldo Alckmin. O primeiro inquilino do Joelma foi o Banco Crefisul de Investimentos, liquidado pelo Banco Central em 1999. Em 2004, o edifício foi colocado à venda.

Páginas selecionadas pelo Editor

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos