ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Prédios de São Paulo: São Miguel

Construção do Minhocão depreciou os 'luxuosos apartamentos com terraços' anunciados em 1959

16 de junho de 2014 | 10h 57
Cley Scholz

 "Mude-se amanhã para o centro da cidade", dizia o anúncio da Imobiliária Ubatuba, publicado no Estado do dia 2 de agosto de 1959. Ao lado da ilustração com um casal caminhando em direção ao edifício de treze andares e cobertura, o texto informava: "Você não precisa esperar o término da construção, já está pronto o Edifício São Miguel, na Avenida São João, junto à Alameda Glete". 


O Estado de S.Paulo - 02/8/1959



Os apartamentos de luxo, todos de frente e com terraço, voltados para a face Norte, eram "gentilmente decorados pelas Lojas Sears e Mobília Contemporânea". Quem passa hoje pelo local pode notar como as coisas mudaram na região. Veja, abaixo, no 'Páginas Selecionadas' como a construção do elevado Costa e Silva, conhecido como Minhocão, inaugurado em 1971, forçou a demolição de alguns edifícios, como o São Miguel, e degradou a paisagem urbana da região.

>>Local onde ficava o prédio

O barulho também se tornou um sério problema para os moradores, o viaduto fica a apenas cinco metros de muitos apartamentos. Atualmente, se debate a proposta de demolir o viaduto de 3,5 quilômetros para recuperar a área. 

>>Acompanhe a série 'Prédios de São Paulo'

Páginas selecionadas pelo Editor

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos