ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Prédios de São Paulo: Silvana

'Belíssima vista' era atrativo do anúncio do residencial, um dos poucos que restam, na Paulista

18 de julho de 2014 | 18h 32
Cley Scholz

No dia 30 de abril de 1955, o escritório imobiliário Engenheiro Arão Sahm anunciava no Estado o lançamento do edifício Silvana, na "aristocrática Avenida Paulista". O prédio de 20 andares na altura do número 639 da Paulista, fica entre a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e a Rua Joaquim Eugênio de Lima. O imóvel é um dos poucos residências da avenida.

O Estado de S.Paulo - 30/4/1955

>>O prédio hoje 

"Localização ideal para Vossa Senhoria", destacava o anúncio. Os apartamentos de três dormitórios são todos de frente para a Paulista. A "belíssima vista panorâmica para a cidade" foi prejudicada ao longo dos anos com a chegada de um número cada vez maior de espigões na região. O recuo de 15 metros apresentado na época como um dos destaques também foi prejudicado com o alargamento da avenida e das calçadas.


>> Acompanhe a série 'Prédios de São Paulo'




Mas ao longo das últimas décadas a região alcançou grande valorização, transformando-se no principal centro financeiro do País e sede de importantes empresas. Projetada na década de 60, a Linha Verde do Metrô só foi inaugurada em 1991. Hoje, a linha se estende desde a Vila Madalena até a Vila Prudente, com quatro estações na Paulista.


>>Conheça outros edifícios famosos na Avenida Paulista:


# Edifício Regina

# Edifício Barão de Itatiaya

# Conjunto Nacional

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos