ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Raul Roulien, o primeiro galã brasileiro de Hollywood

Contratado pela Fox, ator e cineasta carioca teve seus dias de glória na década de 30

25 de fevereiro de 2016 | 14h 06
Rose Saconi e Carlos Eduardo Entini

Alto, com sorriso exuberante, simpático e educado, Raul Entini Pepe Acolti Gil, conhecido por Raul Roulien, pertenceu a uma geração de astros que fez sucesso no cinema dos anos 30. O 'artista do Brasil', como se apresentava no mundo todo, nasceu no Rio de Janeiro e foi o primeiro ator brasileiro a atuar em Hollywood.

Raul Roulien, cinema

Além de ator, Roulien foi também empresário teatral (formou a Cia. Abgail Maia-Raul Roulien em 1928), cantor, compositor e escritor.

Com talento e pinta de galã, em 1931, aos 29 anos de idade, foi para os Estados Unidos e conseguiu um contrato na FOX. Participou de 18 filmes, entre eles Deliciosa e Voando para o Rio, este último estrelado por Fred Astaire e Ginger Rogers.

“O popularíssimo galan de nosso theatro trabalha com um dos mais famosos duos cinematrographicos destes tempos”, escreveu o Estado em 1932 ao noticiar a pré-estréia do filme estrelado por Roulien.

O Estado de S. Paulo - 18/5/1932

O carioca Raul Roulien voltou ao Brasil em 1934 na vitoriosa condição de astro de Hollywood. Por aqui trabalhou no teatro de variedades, gravou discos, foi produtor, diretor e apresentador de programas de televisão. O ator virou celebridade e era recebido com deferência em todos os lugares que passava. Sua imagem de 'ator internacional' era explorada também nos anúncios publicitários.

O Estado de S. Paulo - 10/1/1937 e 27/3/1934
   .

    .

Roulin abandonou o cinema no final dos anos 50 e tentou retomar a atividade em 1980, quando fez um projeto para produzir um documentário sobre a vida do sanitarista Osvaldo Cruz. (veja reportagem abaixo). Roulien morreu no ano 2000, com 94 anos, de problemas cardíacos.

O Estado de S. Paulo - 23/10/1980

Clique na imagem e veja Raul Roulin interpretando Delicious no filme do mesmo nome de 1931

Viu essa página?

John Kennedy assassinado

Há 55 anos, presidente dos EUA era baleado no Texas John Kennedy assassinado

Veja a edição completa de 23/11/1963

Tópicos
ver todos