ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

São Paulo em frases

Nos 462 anos da cidade separamos alguns pensamentos sobre São Paulo publicados no Estado

24 de janeiro de 2016 | 17h 07
Estadão Acervo

“São Paulo era de há muito batido por todos os ventos da cultura. Não só a economia cafeeira promovia os recursos, mas a indústria com sua ansiedade do novo, a sua estimulação do progresso”
Oswald de Andrade, sobre porque a Semana de arte Moderna aconteceu em São Paulo. Trecho de 'O Triunfo de uma Revolução', publicado em "O sentido paulista da Semana", Suplemento Literário de 9/5/1959. 

“São Paulo toma pois também nas artes a dianteira arrogante que lhe cabe. A hegemonia artistica da côrte não existe mais. No comercio como no futebol, na riqueza como nas artes, São Paulo caminha na frente”

“Quem manifestou o primeiro desejo de construir sobre novas bases a pintura? São Paulo com Anita Malfati. Quem apresenta ao mundo o maior e moderno escultor da América do Sul? São paulo com Brecheret. Onde primeiro a poesia se tornou o veículo de sensibilidade moderna livre da guisalhada da rima e das correias da métrica? Em S.Paulo”
Mario de Andrade, sobre as razões de a Semana de Arte Moderna ter sido realizada em São Paulo. Trecho de O Movimento Modernista, trecho publicado em "O sentido paulista da Semana", Suplemento Literário de 9/5/1959;

“A cidade de São Paulo não é uma invenção, mas uma imposição das circunstâncias”
Luís Saia (arquiteto e ex-diretor do IPAHN de São Paulo), publicado no Estado em 23/01/1972. 



“Nossa cidade comporta-se como uma fábrica, de tal forma os aspectos brutais das expressões fabris se apresentam no plano urbano”
João Batista Villanova Artigas , publicado no Estado em 23/01/1972.

“Amar São Paulo é como se apaixonar por um homem feio”
Da apresentadora Hebe Camargo, publicado em "Hebe gosta até do feio de de S. Paulo" (4/2/1990)

“São Paulo passou um lapso de tempo muito curto, de pequena cidade provinciana a uma gigantesca metrópole. Em São Paulo aconteceu em décadas, cerca de 50 anos, o que em outras cidades levou séculos para se processar. Tal crescimento se deu caoticamente, sem nenhum planejamento, sobre uma estrutura de pequena cidade provinciana do início do século"
Roberto Cerqueira Cesar (arquiteto), em "S. Paulo busca o encanto perdido", publicado em 23/01/1972.

“Em São Paulo o público é informado e entusiasmado (…) Talvez porque aqui (em São Paulo), as pessoas estejam sempre muito interessadas em tudo, atentas”
Caetano Veloso, publicado em "As canções que traz o moço Caetano" (09/7/1981).



“O tropicalismo não se faria sem São Paulo, sem a colaboração dos artistas daqui e sobretudo sem o público daqui”

“O paulista vai de coração aberto, reage espontaneamente, então aceita os desafios da novidade”

Caetano Veloso, publicadas no Estado em 23/01/2004. 



“Foi em São Paulo que me fez um ser pensante e criativo”
Tomie Ohtake, publicada em 'Pintando com telas, pinceis, tintas e amor" (25/1/2001).


“São Paulo para mim é tudo. A cidade que me acolheu, ofereceu trabalho e progresso”
Valentim dos Santos Diniz (fundador do Pão de Açúcar”), publicada no Estado em "Do sonho de um menino surgiu o Pão de Açúcar" (25/1/2002).

“É um característica de São Paulo acolher as pessoas. É uma capital de migrantes e imigrantes e está acostumada com as diferenças”
Raí (ex-jogador de futebol) , publicada Estado em "Raí dribla os desafios e ganha SP com charme" (25/1/2002).

"Se São Paulo fosse uma dança, seria uma tarantela"
Alessandra Belloni, percussionista e dançarina francesa, publicada no Estado em 29/5/2011.

Tag: São Paulo

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

A estreia de King Kong

Veja essa e outras capas históricas A estreia de King Kong

# Capa do jornal de 28/5/1933

Tópicos
ver todos