ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Tarcísio Meira, um monumento à arte dramática. Veja fotos raras do ator

Artista tornou-se um ícone da dramaturgia protagonizando peças, filmes, novelas e minisséries

13 de agosto de 2021 | 8h 27
Edmundo Leite e Carlos Eduardo Entini - Acervo Estadão

Tarcísio Meira atuando no teatro em 1964

Tarcísio Meira atuando no teatro em 1964

Tarcísio Meira tinha 24 anos em 1959 quando um de seus primeiros trabalhos nos palcos, o juiz da peça "O Soldado Tanaka", chamou a atenção de um crítico teatral do Estadão em meio a um elenco que juntava atores já consagrados e novatos.

"Com respeito aos novos, apenas um deles chama fortemente a atenção, impondo-se como a segunda presença do espetáculo. Tarcísio Meira. É um ator, não tenhamos dúvidas. Se quiser, fará carreira das melhores", vaticinou o anônimo autor sobre o jovem ator na montagem que Sérgio Cardoso dirigia e protagonizava no Teatro Bela Vista.

Tarcísio havia chamado a atenção de Sérgio Cardoso, um dos grandes nomes do teatro brasileiro, ao fazer sua estreia num papel na peça "A Hora Marcada", de Isaac Gondim, montada por um um grupo de teatro amador em 1957. Nessa época, o nome do ator ainda aparecia em créditos como "Tarcísio Magalhães Sobrinho".

Com o papel em "O Soldado Tanaka", um texto antimilitarista e anti-imperialista do alemão Georg Keiser que "contava a história de um país onde sobram armamentos de luxo e faltam gêneros de primeira necessidade",  Tarcísio Meira despontou para uma sólida carreira no teatro, onde emendou várias sucessos na década de 1960.

O evolução do talento do ator, que também chamava atenção pela beleza, foi atestada por um dos papas da critica teatral brasileira, Décio de Almeida Prado, que em 1967 resenhou a peça "Você conhece a Via Láctea?", estrelada por Tarcísio Meira e Fredd Kleeman.

"É a melhor coisa que já fizeram ambos os atores", escreveu Décio, para complementar: "Tarcísio igualmente amadureceu como intérprete, e como máscara dramática, tendo perdido aquele ar de rapazinho de boa sociedade. Parece estar pronto para enfrentar personagens de maior peso e substância".

Tarcísio Meira e Fredi Kleemann na peça 'Você conhece a Via Láctea?'

Tarcísio Meira e Fredi Kleemann na peça 'Você conhece a Via Láctea?'

Casal mais querido - O prestígio no teatro alcançaria o sucesso de massa ainda na década de 60, quando os seus trabalhos na televisão, muitos deles com a mulher Glória Menezes, o fariam um dos atores mais populares da teledramaturgia.

Nas propagandas da estreia da novela "A Rosa Rebelde", em 1969, a presença do casal era o chamariz para atrair o público sobre a trama a ser exibida na Rede Globo. "O casal mais querido de São Paulo. Tarcísio Meira e Gloria Menezes estarão novamente juntos na superprodução", estampava o anúncio publicado no jornal.

Em outro anúncio, a popularidade de Tarcísio e Gloria como os campeões da preferência do público era mostrada com uma pesquisa que os apontava com 69% das respostas à pergunta "Entre os casais da TV casados na vida real, qual o seu preferido?", superando com folga os casais Sônia Ribeiro e Blota Júnior [20%] e Eva Wilma e John Herbert [12%]

>> Estadão 9/3/1969

Tarcísio Meira e Glória Menezes no anúncio na novela Rosa Rebelde em 1969

Tarcísio Meira e Glória Menezes no anúncio na novela Rosa Rebelde em 1969

>> Estadão 5/2/1969

Anúncio sobre concurso de casais queridos da TV brasileira com Tarcísio Meira e Glória Menezes à frente.

Anúncio sobre concurso de casais queridos da TV brasileira com Tarcísio Meira e Glória Menezes à frente.

>> Estadão 16/2/1969

Anúncio com Tarcísio Meira e Glória Menezes em 1969

Anúncio com Tarcísio Meira e Glória Menezes em 1969

>> Estadão 28/6/1970

Anúncio da estreia da novela Irmãos Coragem, com Tarcísio Meira, em 1970.

Anúncio da estreia da novela Irmãos Coragem, com Tarcísio Meira, em 1970.

No primeiro ano da década de 70, Tarcísio entraria para o panteão dos gigantes da TV. Se era um personagem com peso e substância que queriam, esse foi o garimpeiro João interpretado por Tarcísio em Irmãos Coragem, a novela de Janete Clair que é considerada um dos grandes marcos da teledramaturgia brasileira. Paralelamente, Tarcísio também deixava sua marca no cinema tanto em filmes mais alternativos como em grandes produções.

Dom Pedro - O sucesso comercial de seu Dom Pedro I em "Independência ou Morte" dividiu o País por ser umas das peças ufanistas usadas pela ditatura militar para comemorar o 150º aniversário da independência do Brasil em 1972. Era um dilema. Mesmo com o claro uso político do filme, como não se impressionar com a atuação épica de um Tarcísio Meira encarnando um herói, mesmo que em tintas diferentes da História?

Apesar das críticas, o sucesso foi tanto que, além dos recordes de bilheteria e das reprises anuais a cada 7 de setembro, uma das piadas entre a meninada nas escolas por vários anos era responder assim à pergunta "Quem proclamou a independência do Brasil?": Tarcísio Meira.

Relembre  momentos da carreira de Tarcísio Meira em fotos e páginas

Tarcísio Meira durante as filmagens de 'O Tempo e o Vento'

Tarcísio Meira durante as filmagens de 'O Tempo e o Vento'

Estreia do filme 'O Selvagem' em São Paulo, estrelado por Tarcísio Meira, em março de 1975

Estreia do filme 'O Selvagem' em São Paulo, estrelado por Tarcísio Meira, em março de 1975

Tarcísio Meira em cena do filme 'O Marginal' de Carlos Manga.

Tarcísio Meira em cena do filme 'O Marginal' de Carlos Manga.

Tarcisio Meira em cena da na novela Escalada, de 1975.

Tarcisio Meira em cena da na novela Escalada, de 1975.

Tarcísio Meira e Luma de Oliveira no papel de 'Boca de Ouro', filme dirigido por Walter Avancini

Tarcísio Meira e Luma de Oliveira no papel de 'Boca de Ouro', filme dirigido por Walter Avancini

>> Estadão 26/5/1972

Cartaz do filme "Missão Matar", estrelado por Tarcísio Meira em 1972

Cartaz do filme "Missão Matar", estrelado por Tarcísio Meira em 1972

O casal de atores Tarcísio Meira e Glória Mesezes em foto contornada com tinta para diagramação do jornal.

O casal de atores Tarcísio Meira e Glória Mesezes em foto contornada com tinta para diagramação do jornal.

>> Estadão 27/4/1988

Tarcísio Meira e Glória Menezes no Caderno 2 em 1988

Tarcísio Meira e Glória Menezes no Caderno 2 em 1988

>> Estadão 3/10/2019 

Tarcísio Meira em sua última atuação, na peça O Camareiro, com Cassio Scapin

Tarcísio Meira em sua última atuação, na peça O Camareiro, com Cassio Scapin

>> Veja mais imagens de Tarcísio Meira na galeria

Tarcísio Meira [1935-2021]

+ ACERVO

> Veja o jornal do dia que você nasceu

> Capas históricas

> Todas as edições desde 1875

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Proclamação da República

Veja essa e outras capas históricas Proclamação da República

# Capa do jornal de 16/11/1889

Tópicos
ver todos