ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Universidades exibem filme sobre censura no Estadão

Memorial da Resistência e PUC-BH receberam as primeiras sessões de 'Estranhos na Noite'

24 de fevereiro de 2016 | 13h 41
Acervo Estadão

A exibição do filme 'Estranhos na Noite - Mordaça no Estadão em Tempos de Censura' levou um público diversificado ao auditório Vitae do Memorial da Resistência no último sábado, 20. Ex-presos políticos, estudantes, professores de diversas áreas e jornalistas foram assistir à primeira sessão pública do documentário dirigido pelo cineasta Camilo Tavares e roteiro do repórter José Maria Mayrink, que participou de debate e respondeu perguntas após o filme.

Entre os 140 presentes na sessão estavam personalidades ligadas aos movimentos de oposição e resistência à ditadura militar, como Clara Charf, viúva do guerrilheiro Carlos Marighella, Marcelo Rubens Paiva, filho do deputado desaparecido Rubens Paiva, o jornalista Bernardo Kucinski e o pesquisador Vladimir Sacchetta.

Ao final do debate, mediado por Maurice Politi, do Nucleo de Preservação da Memória Política, houve sorteio de DVDs do filme, de livros 'Páginas da História', com as principais capas do Estadão, e distribuição de uma cópia da edição de 13 de dezembro de 1968 apreendida pela ditadura militar.  

Na segunda-feira, em Belo Horizonte, foi a vez de alunos e professores da PUC Minas lotarem o auditório da universidade para assistir ao filme na segunda exibição do documentário fora do Estadão. Assim como  em São Paulo, a sessão foi sucedida por um debate com José Maria Mayrink.

Antes dessas exibições, o jornal havia promovido sessões internas para os seus funcionários com a presença de convidados e vários dos entrevistados no filme. As próximas sessões acontecerão no próximo mês em algumas universidades: PUC Campinas [2/3], USP [9/3], ESPM-RJ [17/3], PUC-SP [29/3] e São Judas [5 e 6/4]. No dia 22 de março haverá exibição e debate no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. Outras exibições públicas estão em negociação.

Também serão distribuídos DVDs do filme a bibliotecas públicas e outras instituições de preservação e memória. Para solicitar uma exibição em uma instituição, entre em contato pelo telefone 3856.2388.

Veja todas as páginas censuradas

Tags: ditadura militar, censura, jornalismo

# Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

A estreia de King Kong

Veja essa e outras capas históricas A estreia de King Kong

# Capa do jornal de 28/5/1933

Tópicos
ver todos