ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

'Vogue' de Madonna completa 30 anos

Com mais de 6 milhões de cópias vendidas, música está entre os maiores sucessos da cantora

31 de março de 2020 | 13h 16
Liz Batista - Estadão Acervo

Madonna durante apresentação da turnê The Girlie Show, São Paulo, SP, 1993.

Madonna durante apresentação da turnê The Girlie Show, São Paulo, SP, 1993.

Um dos maiores sucessos da extensa carreira de Madonna, a música Vogue foi lançada em março de 1990, como single do álbum I'm Breathless (1990). A canção liderou as paradas de sucesso em mais de 30 países, vendeu mais de 6 milhões de cópias e se tornou o single mais vendido do mundo naquele ano. Até hoje, a música é hit obrigatório no set list dos shows da artista.

O Estado de S.Paulo- 02/6/1990
Clique aqui para ver a página

O Estado de S.Paulo- 02/6/1990
Clique aqui para ver a página

Se você era fã da cantora nos anos 1990, ou melhor, se você é ou foi fã da rainha do Pop em algum momento da sua vida, com certeza você se esmerou para dominar o movimento de mãos da icônica coreografia de Vogue

O vídeoclipe da música, também é um clássico da música pop. Gravado em preto e branco em estilo Art Déco, ele começa com imagens de bailarinos imóveis num cenário composto por estátuas nuas. Então, um estalar de dedos simultâneo aos primeiros acordes, começa a ditar o ritmo da música. Era o sinal. Em seguida, vinha a ordem da diva platinada: "Strike a pose! Strike a pose!" (Faça uma pose! Faça uma pose!) e um sussurro ecoado "Vogue, vogue, vogue".

Pronto, o feitiço estava lançado. Os bailarinos começavam a se mover, enquanto a letra abria de forma melancólica, falando de como a vida é cheia de mágoas e dor, mas logo, Madonna oferecia uma promessa de refúgio, um bálsamo, o local onde você poderia escapar de tudo, a pista de dança.

A canção  foi inspirada no estilo de dança vogue, criado no Harlem no final dos anos 1980, e era parte de um projeto maior, a trilha sonora do filme Dick Tracy (1990). No longa metragem, que estreou em junho daquele ano, Madonna interpreta a femme fatale, Breathless Mahoney, uma personagem inspirada na sedutora bombshell Jean Harlow. Não foi seu debute no cinema - ela já havia estrelado Procura-se Susan Desesperadamente de 1985 - mas foi a primeira vez que a artista dividiu a telona com grandes nomes, como  Warren Beatty - com quem teve um relacionamento durante as filmagens - e Al Pacino.

O Estado de S.Paulo- 15/7/1990
Clique aqui para ver a página

O Estado de S.Paulo- 15/7/1990
Clique aqui para ver a página

Talvez por isso a composição de Vogue, escrita em parceria com o produtor musical Shep Pettibone, traga um trecho falado, no qual Madonna recita nomes de grandes astros de Hollywood, como Greta Garbo, Marilyn Monroe, Marlon Brando, Grace Kelly e Fred Astaire, quase como se contemplasse o próximo passo de seu estrelato.

Veja também:

#Especial ‘Madame X’: Madonna nos anos 90

#Tudo sobre: Madonna

#A primeira vez de Madonna no Brasil

Montagem com notícias da turnê de Madonna no Brasil em 1993.

Acervo Estadão

Todas as edições | Censuradas | Tópicos | Personalidades | Lugares | Páginas da História

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Veja o jornal do dia que você nasceu

Busque a edição pela data de seu nascimento Veja o jornal do dia que você nasceu

# Capa com cartaz do filme King Kong em 1933

Tópicos
ver todos