ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Casa das Rosas

Espaço Cultural

28 de novembro de 2012 | 15h 24

Um dos poucos casarões ainda existentes na Avenida Paulista, remanescentes da época dos barões do café, a Casa das Rosas foi projetada na década de 20 pelo arquiteto Ramos de Azevedo, o mesmo autor de obras marcantes na cidade como o Teatro Municipal e o Mercado Central.

A charmosa mansão foi habitada até 1986 por Ernesto Dias de Castro Júnior, neto do projetista. Três meses antes de morrer, Castro vendeu o imóvel a um grupo imobiliário, que se comprometeu a preservar as características originais do terreno. Em 1982 a casa foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico e Turístico (Condephaat) e foi toda restaurada.

De estilo renascentista, a Casa das Rosas foi uma das últimas a ser erguida na avenida Paulista. Ela tem 1.500 m2 e quatro pavimentos: porão e sótão, térreo e primeiro andar. Quase todo o material empregado na construção da casa era importado, exceto tijolos e madeiras. Os mármores das escadarias, tanto das externas que dão saída para os jardins, como da interna, que conduz aos quatro dormitórios, são de origem italiana.

Os vidros e os cristais vieram da Bélgica. Os canos condutores de água, de cobre, e as louças do banheiro e da cozinha foram trazidos da Europa pela firma de importação de Ernesto Dias de Castro, genro de Ramos de Azevedo.

Espaço cultural. Após quatro anos de obras de restauração, em 1991, a mansão passou a ser um museu de arte e local de exposições batizado de "Casa das Rosas", devido aos extensos e belos jardins repletos de roseiras existentes no imóvel.


No fim de 2004, depois de passar quase dois anos fechada, a mansão foi reaberta ao público com nova designação: Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, em homenagem ao poeta morto no ano anterior. A Casa recebeu a doação do acervo completo de livros e também alguns objetos pessoais do poeta. O local passou a abrigar ainda a primeira biblioteca do País especializada em poesias.

Endereço: Av. Paulista, 37

Páginas selecionadas pelo Editor

Viu essa página?

Capas históricas: 11 de setembro

Pesquise e acesse todas as edições do jornal Capas históricas: 11 de setembro

Veja a edição completa de 12/11/2001

Tópicos
ver todos