ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Edifício Martinelli

Primeiro arranha-céu da américa latina

28 de novembro de 2012 | 15h 30

De um desejo do imigrante italiano Giuseppe Martinelli, surgiu o primeiro arranha céu da América Latina. Projetado pelo arquiteto húngaro William Fillinger, a construção iniciada em 1924 foi inaugurada em 1929 com 12 andares. Porém apenas em 1934 a os seus 30 andares atuais foram concluídos.

Todo cimento utilizado foi importando da Suécia e Noruega pela própria importadora de Martinelli. Na obra trabalharam mais de 600 operários além de 90 artesões italianos e espanhóis. Os detalhes da fachada foram desenhados pelos irmãos Lacombe, que mais tarde viriam a projetar a entrada do túnel da avenida Nove de Julho.

Em 1932, durante a Revolução Constitucionalista, chegou a abrigar em seus terraços, uma bateria de metralhadoras antiaéreas para defender São Paulo do ataque dos aviões do governo da República, que sobrevoavam a cidade ameaçando bombardeá-la.

A partir da década de 50, o edifício entrou em uma fase de degradação. Em 1975 foi desapropriado pela Prefeitura e completamente reformado sendo reinaugurado em 1979. Hoje abriga as Secretarias Municipais de Habitação e Planejamento, as empresas Emurb e Cohab-SP, a sede do Sindicato dos Bancários de SP além de diversos estabelecimentos comerciais.É possível visitá-lo com com visitas monitoradas.

Endereço: Avenida São João, 35

Páginas selecionadas pelo Editor

Viu essa página?

Anúncio de lança-perfume em 1929

Entorpecente era permitido e sucesso no carnaval Anúncio de lança-perfume em 1929

Veja a edição completa de 13/1/1929

Tópicos
ver todos