ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Memorial da América Latina

Centro cultural e para eventos

28 de novembro de 2012 | 15h 44

Com obras iniciadas em outubro de 1987 e a inauguração 18 de março de 1989, o Memorial da América Latina possui 20 mil m² de concreto e 2.200 toneladas de aço, obra feita durante a gestão de Orestes Quércia no governo de São Paulo. “Poucas vezes uma obra de tamanho grandiosidade surgiu do nada, com tanta velocidade”, afirmava o Estado de São Paulo alguns dias antes do lançamento.

Com projeto cultural de Darcy Ribeiro e arquitetura de Oscar Niemeyer, o Memorial foi concebido como um centro político e de lazer que homenageasse a união dos povos latino-americanos. No lançamento, tanto sua utilidade como seu custo foi questionado. Foram gastos no projeto US$ 4,8 milhões, o suficiente na época para construir 48 pequenos teatros. Passou a ser um importante ponto da cidade, recebendo além de diversas exposições artísticas, lideres políticos como o então presidente americano, Bill Clinton e o Papa Bento XVI. Hoje além de espaço para eventos, o centro conta com um acervo de obras permanente.

Endereço: Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664

Páginas selecionadas pelo Editor

FOTOS HISTÓRICAS

Leila Diniz e amigas em 1967

Veja essa e outras imagens que marcaram época Leila Diniz e amigas em 1967

Foto: Ywane Yamazaki/Estadão

Tópicos
ver todos