ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Rio Pinheiros

Um dos principais afluentes da cidade

28 de novembro de 2012 | 16h 27
Nascendo do encontro do Rio Guarapiranga com o Rio Grande e desaguando no Tietê, o Rio Pinheiros é um dos principais afluentes que banham a cidade de São Paulo. Desde 1970 é conhecido por acompanhar a Marginal Pinheiros. Inicialmente, era chamada pelos indíos de Jurubatuba ("muitas palmeiras", em Tupi), mas acabou renomeado pelos padres jesuítas, recebendo a nomenclatura atual devido a grande quantidade de pinheiros ao seu redor.

Suas margens, que antes acompanhavam um cenário rural, passaram a mudar no início do século XX, quando a chegada de imigrantes e a construção de pontes auxiliaram sua ocupação. Outro fator que foi decisivo para o aumento da importância do Rio Pinheiros na vida de São Paulo foi a abertura de estações elevatórias, que permitiam a geração de energia. Para tanto, o rio foi canalizado à partir de 1940. Suas águas foram direcionadas para o reservatório Billings permitindo a instalação da Usina Henry Borden.

Por muitos anos teve às suas margens diversos clubes esportivos, e foi cenário de competições aquáticas. A degradação por conta da poluição terminou com as atividades recreativas no afluente. Hoje passa por um processo de recuperação.

Endereço: Represa do Guarapinga - Rio Tietê

Páginas selecionadas pelo Editor

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos