ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Coco Chanel

Gabrielle Bonheur Chanel

19/8/1883, Saumur (França) - 10/1/1971, Paris (França)

Suas criações conquistaram o mundo pela marca Chanel S.A. Seus modelos estilísticos se tornaram referência na moda internacional. Famosa pelas combinações monocromáticas, as primeiras calças femininas e os tailleurs, seu nome inspirou também um perfume e um estilo de corte de cabelos curtos.Filha de um feirante e uma doméstica ficou órfã de mãe aos seis anos de idade, passando a ser criada pelo pai junto a outros seis irmãos. Estudava com as irmãs em um internato enquanto os irmãos tinham que trabalhar. Aos dezoito anos encontrou uma prima que, assim como ela, fazia planos para fugir do colégio interno. Dois anos mais tarde deixou o local e passou a trabalhar como costureira em uma loja de enxovais, na rua Saint Marin des Moulins. Trabalhou também em um teatro e como garçonete.

Costumava mexer nos armários dos namorados para copiar seus trajes e adaptá-los. Foi o socialite Étienne Balsan quem sugeriu o apelido de “Coco” a Chanel, que em 1905 cantava em um café-concerto – freqüentado por oficiais do 10º Regimento de Cavalaria – a canção "Qui qu'a vu Coco dans le Trocadéro?", imortalizando o condinome.

Em 1910 conheceu em Paris o milionário inglês Arthur Capel, que a ajudou a abrir sua primeira loja Chanel, que inicialmente vendia apenas chapéus. Abriu uma casa de costura após a morte de Capel, onde comercializava (além dos chapéus) roupas desportivas, como trajes de banho e de montaria. Foi então que inventou as primeiras calças do vestuário feminino. Passou a desemhar roupas com bordados que remetiam ao folclore russo, graças a um relacionamento que teve com um príncipe pobre da Rússia. Foi também nesse período que conheceu artistas importantes como o pintor Pablo Picasso e a atriz Greta Garbo. Seu trabalho teve projeção internacional, já que as roupas desenhadas por Chanel vestiam as grandes atrizes de Hollywood.

Na década de 1920 afirmou-se como celebridade internacional com o lançamento do perfume Chanel Nº5 (uma referência ao “número da sorte” da estilista, que também era o dia de seu primeiro desfile). Começou a desenhar roupas inspiradas no vestuário masculino, porém com saias mais curtas. A casa de confecção permaneceu fechada durante a Segunda Guerra Mundial (e só seria reaberta em 1954). Nesse período ela trabalhou como enfermeira e se envolveu com um oficial alemão, o que culminou no afastamento dos franceses de sua loja.

Com dificuldades financeiras, Chanel começou a vender suas roupas na Suíça. Retornou à França depois de figurar em revistas de moda com a criação de seus tailleurs e sapatos. Nos anos 1950  viriam as marcas registradas da estilista, a exemplo do cardigã. A “Chanel” não só era sinônimo de alta costura, como também uma referência em bolsas, sapatos, joias, acessórios e perfumes.

Coco Chanel faleceu em 1971 no Hôtel Ritz Paris. Ela ainda ansiava por uma nova coleção no mesmo ano. Em 1983, a grife passou a ser dirigida pelo estilista alemão Karl Lagerfeld.

mulheres no Acervo

Páginas selecionadas pelo Editor

>> ACESSE TODAS EDIÇÕES DO JORNAL

Veja o jornal do dia que você nasceu

Busque a edição pela data de seu nascimento Veja o jornal do dia que você nasceu

# Capa com anúncio de lança-perfume em 1929

Tópicos
ver todos