ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Emerson Fittipaldi

Emerson Fittipaldi
12/12/1946, São Paulo (SP)

Emerson Fittipaldi  foi o primeiro brasileiro a se tornar campeão mundial de Fórmula I. Foi bicampeão  em 1972 e 1974, campeão da CART (Fórmula Indy), em 1989 e bicampeão das 500 milhas de Indianápolis em 1989 e 1993.

Paulistano do bairro dos jardins, na zona sul de São Paulo, nasceu no dia 12 de dezembro de 1946, filho de Juzy e Wilson Fittipaldi. O pai radialista esportivo  foi o responsável por apresentar a ele o universo das corridas. Emerson assistiu sua primeira competição aos 4 anos de idade, no autódromo de Interlagos.
 
A partir de 1964 começou a competir de kart, estreando com uma vitória em Santo André, na região do grande ABC. No ano seguinte iniciou como piloto profissional no comando de um Renault 1093, em uma competição na Ilha do Fundão, pelo Campeonato Carioca.

Em 1968 decide ir para a Europa porém antes de partir e pilotando um Volks 1600 ganhou às 12 Horas de Porto Alegre. Na mesma competição, José Carlos Pace chegaria em segundo lugar, pilotando um Corcel.

A primeira corrida internacional aconteceu no dia 7de abril de 1969, na Holanda. Três meses depois estrearia na Fórmula 3 inglesa, onde aos 22 se tornaria campeão. No ano seguinte  Colin Chapman, proprietário da equipe Lotus o contratou, para correr por sua equipe, no Grande Prêmio da Inglaterra, em Brands Hatch. Fittipaldi terminou a prova em oitavo.

Na mesma época, no circuito de Monza, Emerson teve o carro praticamente destruído após sair da pista e capotar durante o primeiro treino oficial para o Grande Prêmio da Itália. Em 1970 no penúltimo GP da temporada, em Watkins Glen, Emerson teve sua primeira corrida.

Em 1972, com 5 vitórias e apenas 25 anos Fittipaldi tornou-se o campeão mundial mais jovem da história da Fórmula I. Um recorde que manteve por mais de três décadas e que só foi quebrado em 2005, pelo piloto espanhol Fernando Alonso.

O sucesso contribuiu fortemente para a entrada do Grande Prêmio Brasil no calendário internacional. Em 1974, o piloto brasileiro trocou a Lotus pela McLaren e com três vitórias (uma delas no Brasil) e se tornou bicampeão mundial.

Em 1975, juntamente com o irmão fundou  a equipe Fittipaldi, com o patrocínio da Cooperativa Brasileira de Açúcar e Álcool - Coopersucar. Mas o primeiro ano da equipe, em 1976 foi frustrante. No ano seguinte conquistou  três 4º lugares. Apenas em  1978  ocorreu o grande momento após terminar o GP Brasil de Jacarepaguá, em 2º lugar. Durante a temporada a equipe fechou o ano na 7º posição,  com 17 pontos.

No campeonato de 1979 durante a corrida de abertura, o piloto encerrou o GP da Argentina em 6º lugar. Nenhum ponto foi conquistado e a Copersucar retirou o apoio à equipe.

Ao final de 1980, no mesmo circuito de Watkins Glen onde vencera sua primeira prova, Emerson Fittipaldi retirou-se da Fórmula 1 obtendo o 3º lugar em Long Beach. O compatriota  Nelson Piquet venceu a competição.

Em 1981 como chefe de equipe tem a disposição os pilotos  Keke Rosberg, da Finlândia e o brasileiro Chico Serra. No campeonato de 1982, após Serra marcar um ponto no Grande Prêmio da Bélgica, sua equipe fechou as portas.

Com o término da  carreira na Fórmula 1 Emerson realizou algumas corridas na Fórmula Indy. Em 1984 venceu o oval de Michigan e aos 38 anos assinou com a Patrick Racing.  Deixou de correr em 1996, após um grave acidente no Michigan International Speedway. Na Fórmula Indy, obteve 22 vitórias e 17 pole positions.

Páginas selecionadas pelo Editor

Viu essa página?

Debate eleitoral

Relembre Collor x Lula em 1989 Debate eleitoral

Veja a edição completa de 15/12/1989

Tópicos
ver todos