ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Humprey Bogart

Humphrey DeForest Bogart
25/12/1899 Nova York (EUA) - 14/1/1957, Hollywood (EUA)

Seu pai era um médico cirurgião e a mãe artista gráfica de sucesso. Viveu confortavelmente no bairro de Upper West Side, em Nova York, e estudou em uma escola particular prestigiada, a Trinity School. Posteriormente foi para a escola preparatória para a carreira militar, Phillips Academy, em Andover, no estado do Massachusetts. Chegou a pensar em estudar medicina na Universidade de Yale, mas acabou expulso da escola preparatória por mal comportamento. Depois disso dirigiu caminhões por algum tempo.

Iniciou a carreira nos palcos do Brooklyn, em 1921, sem nunca cursar aulas de teatro. Entre 1922 e 1925,  apareceu em 21 produções da Broadway. Na época, Bogart conheceu Helen Menken com quem se casou em 1926, mas se separou um ano depois. Em1928, se casou com a atriz Mary Philips.

Em 1934, atuou na peça "Invitation to a Murder". O produtor Arthur Hopkins  o escolheu para fazer parte do elenco de The Petrified Forest.  A peça teve 197 apresentações em Nova York, onde ele  representou o papel de Duke Mantee. Para esse personagem, um sinistro e perigoso fugitivo da cadeia, ousou na interpretação fazendo com que o personagem andasse lentamente e encurvado, pois, segundo o próprio ator, era como ele ficaria se durante anos fosse  preso à correntes e a bolas de aço.

Em 1941, atuou como protagonista em Seu “Último Refúgio”, um roteiro que teve a participação de John Huston. No mesmo ano, atuou no clássico film noir "Relíquia Macabra", com Huston assumindo a direção. Neste filme fez o papel de Sam Spade, um investigador particular. O filme recebeu  três indicações ao Oscar.

Quando a Warner Bros comprou os direitos da peça para filmá-la, assinou contrato com o protagonista Leslie Howard. A Warner iniciou então testes para o papel de Duke Mantee, e  Howard insistiu na contratação de Bogart. Em 1936 o filme "A Floresta Petrificada" foi lançado, contando com a participação de Bette Davis.

Mary Philips recusou-se a seguir o marido até Hollywood e pouco depois eles acabaram se divorciando. Em 1938, Bogart se casa pela terceira vez, agora com a atriz Mayo Methot. O casamento foi desastroso, ela era paranóica e quando bebia ficava convencida que o marido a traía, o que gerava várias discussões. O ponto final do casamento  foi "Casablanca",  quando Mayo o acusou de ter um caso com Ingrid Bergman. Lançado em 1942, o filme é um dos maiores clássicos do cinema mundial, onde ele interpreta Rick Blaine, o dono de um clube na cidade de Casablanca, no Marrocos. Foi indicado ao Oscar de melhor ator mas não venceu, embora Casablanca tenha levado a estatueta na categoria de melhor filme.

Durante as gravações de "Uma Aventura na Martinica", em 1944,  conheceu aquela que seria sua quarta esposa e a que lhe traria o casamento mais feliz, a jovem atriz Lauren Bacall, na época 25 anos mais nova. Eles se casaram em 1945 e fizeram no ano seguinte o filme "À Beira do Abismo".

Em 6 de janeiro de 1949, Lauren deu a luz ao primeiro filho do casal, Stephen Humphrey Bogart  e depois, em 23 de agosto de 1952, ambos  tiveram uma menina, Leslie Howard Bogart.

De 1943 até 1955 fez vários filmes interpretando diferentes personagens. Em 1949, fundou sua própria produtora, a Santana Productions. No ano de 1951, fez "Uma Aventura na África", contracenando com Katharine Hepburn, num duelo memorável de interpretações e dirigido por John Huston. Este foi o primeiro filme colorido, e seu trabalho como o barqueiro Charlie Alnutt fez com que conquistasse finalmente o Oscar de melhor ator.

Em 1954, filmou "A Nave da Revolta", baseado no livro homônimo de Herman Wouk, que ganhou o Prêmio Pulitzer em 1951, no papel do esquizofrênico capitão Queeg. No mesmo ano ainda participou de Sabrina com Audrey Hepburn e William Holden e de "A Condessa Descalça", com Ava Gardner.

Seu último trabalho foi em "A Trágica Farsa", de 1956 no papel de Eddie Willis, um jornalista esportivo que vira promotor de boxe. Bogart bebia e fumava muito e teve câncer no esôfago. Em 1956, fez uma cirurgia para retirar o esôfago e dois linfomas, mas acabou por morrer. Encontra-se sepultado no Forest Lawn Memorial Park  Glendale, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Páginas selecionadas pelo Editor

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos