ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Indira Gandhi

Indira Priyadarshini Gandhi
19/11/1917, Allahabad (Índia) - 31/10/1984, Nova Déli (Índia)

Filha de Jawaharlal Nehru tinha o sobrenome do marido, Feroze Gandhi, que havia mudado seu sobrenome para "Gandhi", por razões políticas.

Filiou-se em 1939 ao Partido do Congresso Nacional Indiano mas seus primeiros anos na política foram dedicados a ajudar o pai, Nehru, primeiro-ministro e presidente do Congresso (1959-60). Tornou-se ministra da Informação e Radiodifusão no gabinete de Lal Bahadur Shastri, e em 1966 acabou sendo escolhida para suceder Shastri como primeiro-ministro.

Reeleita em 1971 com o slogan garibi hatao (expulsar a pobreza), conseguiu melhorar a imagem  de seu próprio governo com  êxitos durante a guerra indo-paquistanesa, de 1971. O vizinho Paquistão tinha o apoio dos Estados Unidos da América, em Bengala do Leste, onde a intervenção da Índia permitiu a criação de uma república independente, o Bangladesh.

O exército indiano não derrotou o Paquistão, porque a Índia tinha aceitado a ideia da partilha. O presidente americano Richard Nixon chegou a despachar o porta-aviões USS Enterprise para a baía de Bengala, mas o exército indiano já tinha terminado seus assuntos no Paquistão do Leste. Por outro lado a União Soviética já tinha oferecido auxílio, em caso de uma possível confrontação.
 
Após a bem-sucedida guerra indo-paquistanesa de 1971, sua popularidade subiu no auge, tendo depois declinado na década de 70. Quando ameaçada com a perda de sua posição por um processo jurídico em função de atividades eleitorais ilegais, declarou estado de emergência (1975-77) e governou a Índia ditatorialmente, auxiliada pelo filho mais novo, Sanjay.

Os anos seguintes de seu Governo ficaram marcados por um rompimento grave nas relações entre hindus e sikhs. Alarmados com o aumento de popularidade de um líder missionário Sikh, figura altamente politizada, Sant Jarnail Singh Bhindranwale, os líderes da Índia mais se perturbaram com a proclamação por parte dele de que os Sikhs eram uma comunidade soberana que devia se autogovernar.

Temendo o apoio do Paquistão ao movimento, em junho de 1984, Gandhi ordenou uma operação militar ao santuário sagrado, em Amritsar intitulado Harmindar Sahib ou Templo de Ouro. O local considerado sagrado para os Sikh,  fora ocupado por Sant Jarnail Singh e seus militantes sendo transformado em esconderijo secreto de armas. Na luta que se seguiu houve 83 soldados e 493 ocupantes mortos, incluindo os líderes além de numerosos feridos.
Em 31 de outubro de 1984, Indira Gandhi foi assassinada por seus dois guarda-costas Sikh, Beant Singh e Satwant Singh. O primeiro foi morto durante o assassinato e Satwant Singh  foi condenado à forca, em 1988.

Em Nova  Délhi, irromperam motins anti-Sikh em que mais de dois mil sikhs inocentes morreram. Muitos membros do partido do Governo, e do Congresso estiveram implicados nos motins, alguns ainda aguardam julgamento nos tribunais. O seu filho mais velho, Rajiv Gandhi (1944-1991) a sucedeu como primeiro-ministro.

A Indira se atribui a nacionalização dos bancos na Índia,  reflexo da insatisfação popular  no momento em que diversas instituições financeiras haviam falido e levado os depósitos da população. A rede nacionalizada criou instituições que receberam a confiança geral. Outro sucesso foi o esforços em prol de autossuficiência alimentar  mais conhecida como Revolução Verde, que pôs fim à dependência da Índia em importar cereais. É também considerada a iniciadora do programa nuclear indiano. A Índia fez seu primeiro teste nuclear em  1974 , teoricamente para propósitos pacíficos. A segunda série de testes em 1998 levou ao reconhecimento das capacidades nucleares do país.

Seus dois filhos, Sanjay e Rajiv, envolveram-se na política. Sanjay Gandhi morreu num acidente aéreo, em junho de 1980. Rajiv Gandhi entrou para a política em fevereiro de 1981 e se tornou primeiro-ministro por ocasião da morte da mãe, porém em maio de 1991 ele também foi morto. Sua viúva, a italiana Sonia Gandhi chefiou uma coalizão de seu partido (Congresso), conseguindo uma  surpreendente vitória nas eleições de 2004, ela não aceitou a oportunidade de assumir o cargo de primeiro-ministro, de modo que Manmohan Singh, um sikh, aceita o cargo, passando assim a comandar o país.

mulheres no Acervo

Páginas selecionadas pelo Editor

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos