ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Lindon Johnson

Lyndon Baines Johnson
27/8/1908, Stonewall, Texas (EUA) - 22/1/1973, Stonewall, Texas (EUA)

Realizou os primeiros estudos em Johnson City, para onde sua família havia se mudado em 1913. Seus pais eram Samuel Ealy Johnson e Rebekah Baines. Em 1924, concluiu o secundário na Johnson City High School. Em 1926, ingressou na Southwest Texas State Teachers College (atual Universidade Estadual do Texas), onde foi editor do jornal estudantil The College Star. Abandonou os estudos em 1928, mas regressou à instituição e formou-se em 1930. Nessa época, foi professor na Welhausen School, na Pearsall High School e na Sam Houston High School, localizadas no Texas.

Em 1931, após participar de campanhas políticas, foi convidado a ser secretário do congressista Richard Kleberg, função que assumiu por três anos. Em 1934, estudou por um curto período de tempo na Faculdade de Direito da Universidade de Georgetown e conheceu Claudia Alta Taylor, com quem se casou em novembro de 1934. No dia 25 de julho de 1935, por indicação do presidente Franklin D. Roosevelt, tornou-se diretor da Agência Nacional para a Juventude, um programa desenvolvido para auxiliar jovens carentes e providenciar treinamentos e orientações profissionais para jovens desempregados.

Abandou a agência em 1937, quando concorreu a uma cadeira na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos. Eleito, trabalhou pela ampliação de programas de habitação pública e expansão da rede de fornecimento de energia elétrica. Em 1940, foi nomeado tenente-comandante da Reserva Naval norte-americana. Em 1941, após o bombardeio de Pearl Harbor (7 de dezembro), voluntariou-se para servir a marinha na Segunda Guerra Mundial. No ano seguinte foi condecorado com a Silver Star (Estrela de Prata) pelo general Douglas MacArthur por sua conduta na guerra. Foi dispensado do serviço militar no dia 16 de julho do mesmo ano. Johnson serviu como congressista até 1948.

No dia 19 de março de 1944, nasceu sua primeira filha, Lynda Bird. No dia 2 de julho de 1947, veio à luz sua segunda filha, Luci Baines. Em 1948, após derrotar o candidato Coke Stevenson nas primárias do partido republicano, concorreu a uma cadeira no Senado americano. No dia 2 de novembro, derrotou o candidato republicano Jack Porter, tornando-se senador. Foi reeleito para o senado em 1954 e, no ano seguinte, foi eleito líder da maioria no Senado. No dia 2 de julho desse ano, sofreu um ataque cardíaco e abandonou brevemente o serviço para se recuperar.

Em 1957, promoveu a aprovação do "Civil Rights Act", a primeira legislação de direitos civis aprovada pelo congresso desde o período da “reconstrução” (posterior à guerra civil americana). Em 1958, apresentou às Nações Unidas uma resolução sobre a exploração espacial no contexto da corrida espacial da Guerra Fria. Foi eleito vice-presidente na chapa do democrata John F. Kennedy, tendo derrotado a chapa do republicano R. Nixon. Integrou o gabinete de Segurança Nacional e presidiu o Conselho Espacial. Aconselhou o presidente Kennedy durante a crise dos mísseis de 1962. Após o assassinato de Kennedy, assumiu a presidência em novembro de 1963.

Na presidência, declarou apoio à agenda do ex-presidente Kennedy, renegociou o Tratado do Panamá, denunciou a discriminação racial, aprovou Civil Rights Act de 1964 e envolveu os Estados Unidos abertamente na Guerra do Vietnã após o incidente do Golfo de Tonquim. A escalada da participação americana no conflito sob seu governo lhe rendeu críticas massivas pelo país. No dia 20 de agosto de 1964, assinou o Economic Opportunity Act, a base de seu programa de “Guerra contra a pobreza”, fundamentado na criação da Agência de Oportunidade Econômica. Foi eleito presidente em novembro desse ano. Em 1965, assinou a lei que criou o Medicare, um programa de seguro de saúde. Também promoveu legislação nas áreas ambiental e educacional, sendo, de forma geral, elogiado por sua política doméstica.

Abandonou a presidência em 1968, tendo retornado ao Texas no ano seguinte. Em 1971, compareceu à inauguração da biblioteca Lyndon Baines Johnson, em sua homenagem. No mesmo ano, foi publicado seu livro de memórias “The Vantage Point: Perspective of the Presidency, 1963-1969”. Em 1973, morreu em decorrência de um ataque cardíaco em seu sítio no Texas.

Páginas selecionadas pelo Editor

PÁGINAS HISTÓRICAS

Proclamação da República

Veja essa e outras capas que marcaram época Proclamação da República

Acervo Estadão

Tópicos
ver todos