ir para o conteúdo
Busca
Busca por data

Lula

Luiz Inácio Lula da Silva
27/10/1945, Garanhuns (PE) 

Criado em uma família que vivia em situação de penúria material. Lula, a mãe e os irmãos vieram em um caminhão "pau-de-arara", em 1952, para Santos, onde esperavam se encontrar com o pai de Lula, que trabalhava como carregador no porto. No entanto, ao descobrir que o pai já havia constituído outra família, Lula é obrigado a trabalhar desde criança pela sobrevivência.

Em 1956, Lula e a família se fixaram na capital paulista. Cursou até a quinta série e, com apenas 12 anos, passou a trabalhar numa tinturaria. Em 1964, começou a trabalhar em uma metalúrgica, onde sofreu um acidente de trabalho e teve o dedo mindinho da mão esquerda mutilado. Em 1967, entrou no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo. Em 1970, perdeu a esposa grávida do primeiro filho. Casou-se com Marisa, sua atual esposa, em 1973.

Em 1975 foi eleito presidente do sindicato e, no mesmo ano, seu irmão foi torturado por agentes da ditadura militar. Entre 1978 e 1980, Lula já era um líder sindical destacado, tendo conduzido várias greves na região do ABC paulista, por meio das quais reivindicava melhores direitos aos trabalhadores e o fim da tutela do estado sobre os sindicatos e reajuste salarial. Em muitas ocasiões, o governo federal utilizou a força para inibir as manifestações dos grevistas. Mais tarde, Lula e outros líderes sindicais foram presos com base na lei de segurança nacional.

Em 1980, aliou-se a outros líderes sindicais, intelectuais e religiosos de esquerda para fundar o Partido dos Trabalhadores. Em 1983, participou da campanha pelas “Diretas Já” e da formação da CUT (Central Única dos Trabalhadores). No dia 27 de novembro de 1983, o PT, o PMDB e outros partidos realizaram um enorme comício pelas eleições diretas em frente ao estádio do Pacaembu, em São Paulo. No dia 27 de janeiro de 1984, Lula, Brizola e Ulisses Guimarães discursaram em outro evento organizado pelo PMDB. Com a derrotado do projeto de Diretas Já, Lula e o PT se recusaram a votar para presidente no Colégio Eleitoral.

Foi eleito deputado federal constituinte em 1986, tendo obtido a maior soma de votos do país. Como constituinte, votou contra a pena de morte e o mandato presidencial de 5 anos. Foi favorável à limitação do direito de propriedade privada, ao aborto, à jornada semanal de 40 horas, à soberania popular, ao voto aos 16 anos, à estatização do sistema financeiro, à criação de um fundo de apoio à reforma agrária e ao rompimento de relações diplomáticas com países que adotassem políticas de discriminação racial.

Foi candidato à presidência da república em 1989, mas foi derrotado pelo ex-governador de Alagoas, Fernando Collor de Mello. Anos depois, liderou o movimento pelo impeachment do presidente Collor. Foi derrotado nos dois pleitos presidenciais seguintes (1994 e 1998) por Fernando Henrique Cardoso. Em 2002, contudo, foi eleito presidente do Brasil com cerca de 53 milhões de votos, e reelegeu-se em 2006, derrotando o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. No pleito de 2010, a popularidade de Lula conquistou grande quantidade de voto à sucessora petista Dilma Rousseff. Em outubro de 2011, Lula foi diagnosticado com câncer na laringe, e iniciou o tratamento no hospital Sírio-Libanês.

Os dois mandatos de Lula foram marcados por uma alta taxa de crescimento do Produto Interno Bruto, pela queda do desemprego, pelo pagamento da dívida externa e por uma inflação controlada. O governo promoveu programas de transferência de renda, como créditos populares e aumento no salário mínimo. Na política externa, o Brasil afirmou-se como soberania autônoma ao mesmo tempo em que se aproximou de países bastante criticados em nível internacional, como o Irã.  Em 2005, o governo Lula foi atingido por uma série de denúncias de corrupção e escândalos. O presidente foi escolhido personalidade do ano em 2009 pelos jornais “Le Monde” e “El País”, e em 2010 foi escolhido pela revista “Time” como um dos líderes mais influentes do mundo.

Páginas selecionadas pelo Editor

Viu essa página?

John Kennedy assassinado

Há 55 anos, presidente dos EUA era baleado no Texas John Kennedy assassinado

Veja a edição completa de 23/11/1963

Tópicos
ver todos